Tails 4.0 baseado no Debian 10 entra em fase beta

Tails 4.0 baseado no Debian 10 entra em fase beta

Para os usuários que desejam uma privacidade em níveis mais elevados, utilizar apenas uma distribuição Linux não é o suficiente. Alguns requisitos são exigidos para se obter maior controle de sua privacidade e dados, usar apenas software livre é uma ótima opção, entretanto, digamos que ainda são necessárias outras etapas, é aí que entra a proposta da distro Linux Tails.    

Já faz um tempinho que produzimos uma postagem sobre o Tails, recomendo que leiam, esse sistema é a primeira alternativa que vem na mente de muitos usuários, quando o assunto é privacidade. Inclusive temos um vídeo bem interessante sobre este tema, na qual abordamos o Tails e o Tor Browser (a dupla dinâmica 😁️😁️😁️). Confira logo abaixo o vídeo em questão.  

Novidades do Tails 4.0 beta

Recentemente o Tails entrou em fase beta, baseado na versão do Debian 10 “Buster”, o sistema contará com os pacotes mais recentes disponíveis no “sistema universal”. Assim, o Tails terá melhor suporte para novos hardwares, especialmente GPUs NVidia e AMD, bem como computadores Mac e outras tecnologias.  

Um destes novos suportes será o funcionamento de dispositivos que utilizem o Thunderbolt 3, que foi integrado com as últimas versões do GNOME 3. Possuindo o ambiente GNOME, a distribuição tem total foco em sua privacidade, dispensando softwares comumente usados, mas que não tem muito a ver com essa proposta.  

tails-linux-privacidade-segurança-dados-pessoais-anonimato-debian

Diversas características estão pré-configuradas no sistema, possibilitando maior praticidade no quesito segurança/privacidade. Um belo exemplo é poder abrir unidades USB persistentes no Tails, exibir o applet OpenPGP ao lado do ícone de status do TOR entre outros, tudo por default. A nova versão 4.0 substituirá alguns programas, o gerenciador de senhas é um deles. O KeePassX dará lugar ao KeePassXC, mais recente. Programas que atualmente existem no Tails serão removidos, obviamente que você poderá instalar os mesmos, como o Scribus e o Math da suíte LibreOffice. O mensageiro Pidgin e o Home Launcher da área de trabalho, também não serão embarcados por padrão.  

O Tails 4.0 tem previsão de lançamento para 22 de Outubro de 2019. Caso queira experimentar o beta e conferir o estado atual do sistema, você pode baixar a versão ISO ou USB por este link.  

Por ser uma versão beta, esteja ciente que diversos bugs podem estar presentes.   

Faça parte de nosso fórum Diolinux Plus, e fique por dentro das novidades.  

Até o próximo post, SISTEMATICAMENTE! 😎  

Fonte: Softpedia, Tails.


Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Talvez Você Também Goste