Intel desenvolve software gráfico de alto desempenho para Linux

Intel desenvolve software gráfico de alto desempenho para Linux

E Linux cada vez mais vem ganhando espaço nos desktops. A Intel está tornando seu trabalho open-source ao desenvolver um software de alto desempenho para gráficos que originalmente foi desenvolvido para visualizações cientificas. Acompanhem aqui no Diolinux.

Intel desenvolve software de alto desempenho para Linux

A Intel está planejando integrar este novo projeto OpenSWR ao Mesa para empregá-lo nos Linux em ambientes desktop como um software de rasterização mais rápido do que está atualmente disponível (LLVMpipe).

O OpenSWR deveria ser ideal para casos onde não há um GPU discreto disponível ou os drivers falham ao funcionar. Esse software de rasterização implementa o OpenGL 3.2 aos CPUs da Intel/AMD tendo suporte ao AVX(2) (Sandy Bridge / Bulldozer and newer) enquanto que o 29~51x estiver sendo mais rápido que o LLVMpipe e o código estiver licenciado sob a MIT. O código, entes de ser integrado ao Mesa, está sendo fornecido no GitHub.

Fonte

Talvez Você Também Goste
Bug do tipo "Zero-day" é encontrado no Kernel Linux e afeta milhões de usuários
Continue lendo

Bug do tipo “Zero-day” é encontrado no Kernel Linux e afeta milhões de usuários (Veja como corrigir)

De tempos em tempos aparece aquele bug no Kernel Linux que deixa as pessoas de "cabelo em pé", talvez essa seja a melhor descrição em português para um bug do tipo "Zero Day". Esse termo normalmente é utilizando quando o bug afeta um programa vital que acaba colocando todo um ecossistema (ou sistema) em perigo e em tese o desenvolvedor tem "zero dias" para arrumar o negócio "antes que o mundo exploda", pois bem, descobriram o problema hoje pela manhã, agora já está arrumado!
Novidades Mint 2019
Continue lendo

Muitas novidades vindo para o Linux Mint

Como de costume, Clement Lefebvre, o “manda chuva” do projeto Linux Mint, soltou uma nota no blog do projeto informando algumas coisas corriqueiras, como a quantidade de doadores, quanto eles doaram e afins, e também alguns rumos que o Linux Mint pode tomar daqui pra frente, como faz todos os meses. Desta vez ele informou sobre uma possível reformulação do site para uma pegada mais moderna.