dicas de manutencao wordpress
Wordpress

3 dicas de manutenção para deixar o WordPress novo em folha

O WordPress é uma plataforma de blog muito popular, em sites com grande volume de acesso é normal que o sistema acumule informações com o tempo, afetando seu desempenho. Por isso, para manter seu site ou blog sempre funcionando bem, siga estas dicas de manutenção.

Qualquer site que faça parte de um negócio, ou seja, portais como o Diolinux e sites de empresas, deveria ter uma política de manutenção bem documentada, que cobre pontos como a atualização de plugins, atualização da plataforma, gestão de mídias, entre diversos outros fatores que se não forem monitorados, podem tirar o site do ar gerando um grande prejuízo.

Para facilitar a aplicação destas dicas de manutenção, sugiro que aproveite os recursos dos painéis de controle das suas hospedagens – o HPanel da Hostinger facilita bastante o processo de manutenção dos sites, porque concentra ferramentas como Gerenciador de arquivos, PhpMyAdmin e acesso remoto seguro (SSH) em uma interface web prática que pode ser compartilhada entre os membros da equipe, usando diferentes níveis de permissão.

dicas de manutencao - hpanel
Utilize as ferramentas disponibilizadas pelo seu provedor de hospedagem.

Antes de seguir qualquer uma das dicas de manutenção desde artigo, garanta que você tenha backups de todos os dados importantes e que está preparado para lidar com qualquer imprevisto. Faça testes em um ambiente de desenvolvimento isolado para validar os passos com segurança.

01 – Delete arquivos inúteis

Este é um problema bem complexo e que geralmente afeta sites no ar há bastante tempo, que podem acumular uma infinidade de arquivos “de backup” e “cópias de segurança” feitas manualmente que logo são esquecidas. Outro ponto crítico são as imagens, uma única imagem adicionada em um post no WordPress pode gerar entre 3 e 10 arquivos em diferentes resoluções e proporções, utilizadas pelo tema para melhorar a experiência de navegação do usuário.

Infelizmente, o WordPress e os temas muitas vezes não são eficientes na gestão das imagens, aumentando o acúmulo de lixo no sistema e tornando o processo manual necessário. Para se livrar destes arquivos, você precisa fazer uma análise minuciosa em todos os diretórios do servidor, buscando por qualquer arquivo criado manualmente. Crie uma rotina de limpeza e monitore se a remoção dos arquivos realmente não está trazendo impactos para o site.

dicas de manutencao - limpar arquivos
Limpe todos os arquivos desnecessários do seu website.

O WordPress oferece um recurso que ajuda a identificar imagens que não estão em uso e que teoricamente podem ser apagadas em segurança. Para encontrar estas imagens, basta acessar seu painel de controle do WordPress e clicar em Mídia > Biblioteca e nos filtros, escolher a opção “Desanexadas”.

Existem plugins que prometem limpar todas as imagens desnecessárias de forma automática, minha sugestão é que você utilize estas ferramentas com muito cuidado, porque pode ser bastante complicado desfazer as mudanças em caso de problemas.

dicas de manutencao - imagens desanexadas
Remover imagens pode economizar muito espaço em disco.

02 – Delete comentários legados

O sistema de comentários padrão do WordPress é bastante prático, mas deixa muito a desejar quando comparamos com soluções muito mais robustas como o Disqus. Caso o seu site não utilize mais o mecanismo de comentários padrão, uma ótima dica de manutenção é apagar todos os comentários antigos.

Apague todos os comentários pendentes ou não aprovados

DELETE from wp_comments WHERE comment_approved =  '0' 

Apague todos os comentários aprovados

DELETE from wp_comments WHERE comment_approved =  '1' 

Apague todos os comentários na lixeira

DELETE from wp_comments WHERE comment_approved =  'trash' 

Apague todos os comentários marcados como SPAM

DELETE from wp_comments WHERE comment_approved =  'spam'

03 – Controle as revisões de documentos no WordPress

As revisões do WordPress registram automaticamente todas as alterações feitas em páginas ou artigos em seu website, criando uma cópia do conteúdo a cada 60 segundos. Toda vez que você clica nos botões Salvar Rascunho, Publicar ou Atualizar, também gera uma nova cópia. Mesmo que as revisões sejam um recurso extremamente útil para redatores e editores, elas podem se tornar um problema sério com o tempo.

É comum ver sites de alto tráfego de publicação com milhares de cópias consumindo espaço e tempo de processamento no banco de dados. Para controlar o número de revisões criado em seu site, será preciso editar o arquivo wp-config.php e adicionar o parâmetro abaixo. No exemplo, estamos limitando as revisões a 3 cópias, mas, você pode ajustar conforme as necessidades do seu projeto.

define('WP_POST_REVISIONS', 3);

Outro ajuste interessante no wp-config.php é alterar o intervalo com o qual as cópias serão salvas, alterando os 60 segundos do comportamento padrão, para 180 segundos ou outro intervalo da sua preferência.

define( 'AUTOSAVE_INTERVAL', 180 );

Por fim, você pode apagar o histórico de revisões para liberar espaço em banco de dados de forma bastante simples, basta executar o comando abaixo em seu banco de dados.

DELETE FROM wp_posts WHERE post_type = "revision";

Dicas de manutenção bônus!

Seguindo estas dicas de manutenção, você conseguirá manter seu site WordPress mais seguro e otimizado, a manutenção periódica é imprescindível para garantir o bom desempenho e ajudar seu site a conquistar melhores resultados no ranqueamento SEO.

  • Elimine códigos de rastreamento desatualizados.
  • Não teste plugins em ambiente de produção.
  • Prefira utilizar o método ASYNC para carregar scripts externos.
  • Adicione preload para arquivos de fontes.

Manter o seu site organizado é um passo importante para melhorar o seu desempenho, torne o processo de manutenção um hábito e com certeza você colherá muitos frutos no longo prazo.

Deixe um comentário se estas dicas de manutenção do WordPress foram úteis para você!

Diolinux Ofertas - Aproveite os melhores descontos em diversos produtos!
187 postagens

Sobre o autor
Entusiasta de tecnologia que sempre gostou de desmontar tudo, o que me levou ao interesse por software livre e todas as possibilidades que ele oferece. Sou Editor-chefe no blog Diolinux e também trabalho consultor de SEO, gestor de tráfego e otimização de presença digital. Mastodon
Artigos
Postagens relacionadas
Wordpress

WordPress 6.5 deixa a navegação do seu site mais rápida

VídeoWordpress

Aprenda a criar sites profissionais com WordPress

VídeoWordpress

8 motivos para você utilizar o WordPress