Como usar o leitor de impressões digitais no Ubuntu ( Fingerprint)

Como usar o leitor de impressões digitais no Ubuntu

Você tem um notebook com leitor de digital e usa Ubuntu? Veja como fazer ele funcionar na sua distro

Este tipo de recurso é realmente muito interessante e prático, pois além de seguro permite que você substitua o processo de digitar uma longa senha por uma “simples passada dedos” no leitor de impressões digitais.

Este tipo de recurso ate pouco tempo era considerado futurista por aparecer em filmes de ficção, mas agora ele é uma realidade já não tão nova assim, para Windows normalmente o fabricante desde aparelho fornece um driver para que ele funcione de maneira adequada, para Linux a coisa sempre foi mais complicada, pelo menos até agora.

Fingerprint readers integration for Ubuntu

Este é o nome do software que permite que você use o seu dispositivo de leitura de impressões no Ubuntu, e melhor que isso, permite que você configure muitas coisas importantes, como qual a senha que ele irá armazenar, qual será o dedo, de qual das mãos etc.

Fingerprint readers integration
Fingerprint readers integration

Instalação do Leitor de Impressões Digitais no Ubuntu

Cada ressaltar também que  este software é compatível com os principais modelos de leitores de D.I. mas pode ser que o seu dispositivo não seja apoiado por ele ainda, pois ele está em desenvolvimento.

Você pode instalar e testar, mas se quiser verificar antes, abra o seu terminal e rode o comando:

lsusb

E verifique se o seu dispositivo está presente nessa lista aqui.  Caso esteja vamos instalar então, ainda no terminal:

sudo add-apt-repository ppa:fingerprint/fingerprint-gui
sudo apt-get update
sudo apt-get install libbsapi policykit-1-fingerprint-gui fingerprint-gui

É isso pessoal, o software deve estar disponível no menu do seu computador.


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Ubuntu MATE 19.04, o Ubuntu para notebooks híbridos
Continue lendo

Ubuntu MATE 19.04, o Ubuntu para notebooks híbridos (Intel+NVIDIA)?

Como não poderia deixar de faltar, uma das flavours do Ubuntu e que se tornou “queridinha” da comunidade por sua leveza e personalização, o Ubuntu MATE chega também na versão 19.04 com uma grande novidade, suporte facilitado a notebooks híbridos com GPUs Intel+NVIDIA, além de outros updates no projeto. Vamos conferir.