O DNF é o gerenciador de pacotes padrão do Fedora, que serve para instalar, atualizar e remover pacotes em distribuições baseadas em RPM. Ele é considerado uma nova geração do gerenciador yum, e possui uma API para extensões e plugins, que podem ampliar a sua funcionalidade.

Plugins

O DeltaRPM é o primeiro plugin apresentado hoje, ideal para pessoas que utilizam conexões lentas ou com limites de dados. Ao realizar uma atualização de pacote, o Delta RPM baixa apenas as modificações realizadas entre uma versão e outra, diminuindo o tamanho do pacote.

Uma questão a ser considerada é que este procedimento consome mais processamento, então caso seu processador seja muito fraco, talvez não seja tão interessante assim usá-lo.

O segundo plugin é o Fastest Mirror. Ao realizar um primeiro update, o Fastest Mirror irá verificar qual dos servidores disponíveis entrega a melhor velocidade de download, geralmente sendo os mais próximos geograficamente, e, a partir disso, os downloads de novos pacotes serão realizados através do melhor servidor disponível.

Instalação 

Para realizar a instalação dos dois plugins nós vamos precisar utilizar o terminal, mas não se assuste, pois é um procedimento bem simples.

Primeiramente, defina qual editor de texto você irá utilizar. É possível utilizar editores de texto gráficos como o Gedit da interface Gnome, ou editores via terminal, como é o caso do nano e vim. Neste tutorial irei utilizar o nano, que funciona perfeitamente independente da interface utilizada.

Primeiramente, precisamos instalar o nano no Fedora com um simples comando:

sudo dnf install nano

Feito isso, precisamos acessar o arquivo de configuração do DNF. Para isto, basta digitar o seguinte comando no terminal:

sudo nano /etc/dnf/dnf.conf
nano dnf
Editor nano no terminal

Aparecerá uma tela similar à da imagem acima no seu terminal. Para habilitar os plugins, basta inserir os dois comandos no final do arquivo:

fastestmirror=true
deltarpm=true

Para salvar o arquivo no nano, basta pressionar Ctrl+O, Enter para confirmar o nome do arquivo, e Ctrl+X para sair do editor.

E pronto! Os dois plugins já estarão habilitados! Para o DNF habilitar o melhor servidor para você, basta realizar um update com o seguinte comando:

sudo dnf update --refresh

Se você tiver alguma dúvida sobre tecnologia, ou quiser compartilhar conhecimento com a comunidade, o Diolinux Plus é o espaço ideal para isso. Vem fazer parte da nossa comunidade!

Até a próxima!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Como instalar o Zoom no Linux
Continue lendo

Como instalar o Zoom no Linux

O Zoom é um dos mais conhecidos e utilizados softwares de videoconferência do mercado e no artigo de hoje, você irá aprender a instalar o Zoom no Linux.