Como atualizar o openSUSE Leap 42.2 para o 42.3

Como atualizar o openSUSE Leap 42.2 para o 42.3

A terceira edição do openSUSE da série 42 Leap está disponível para os usuários, hoje você que utiliza a versão 42.2 vai aprender a atualizar o sistema para a versão mais recente.

Uma das maiores distribuições Linux do mundo, o openSUSE, recebeu recentemente uma atualização em sua versão estável, a Leap, chegando agora à versão 42.3. O nosso parceiro “Oficina do Tux“, produziu um vídeo para explicar para você como fazer a atualização passo a passo sem quebrar o sistema.

A versão 42.3 do openSUSE usa o mesmo núcleo de pacotes que o SUSE Linux Enterprise 12, Service Pack 3. A versão oferece suporte de longo prazo juntamente com o os ambientes KDE 5.8 e o GNOME 3.20, que são os mesmos oferecidos pelo SLE, além deles, existem outros desktops disponíveis para download ou para a utilização na hora da instalação. Lembrando que as pessoas que preferirem, podem usar a versão Rolling Release do openSUSE, o chamado Tumbleweed.

Para ler sobre todas as novidades da nova versão, basta acessar este link.

Até a próxima!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
GRUB Customizer
Continue lendo

GRUB Customizer – Como configurar o GRUB no Ubuntu e no Linux Mint

O GRUB é o gerenciador de Boot da maior parte das distribuições Linux, apesar de não ser o único, existem outras alternativas como o BURG e o Lillo, ele certamente é o mais popular, por conta disso, você pode querer personalizá-lo para deixá-lo ao seu gosto, mudar a resolução, o tempo de espera, o tema, entra outras coisas. Aprenda a instalar o GRUB Customizer, uma ferramenta para você configurar o GRUB graficamente.
openSUSE Tumbleweed é uma alternativa interessante para quem quer sair do Arch Linux
Continue lendo

openSUSE Tumbleweed é uma alternativa interessante para quem quer sair do Arch Linux

Hoje eu li um texto no ITWorld que me chamou a atenção pois tratava de um assunto que não se vê muito por aí, pessoas procurando uma alternativa ao Arch Linux e apresentando o openSUSE na sua versão Rolling Release como uma alternativa interessante, então resolvi compartilhar com vocês a minha interpretação sobre o caso.