Como criar uma distro Linux baseada no Ubuntu parte 8: Configurando um novo tema Plymouth

diolinux

Deixando a tela de inicialização à seu gosto

Olá pessoal, estamos retomando a nossa série que vai te ensinar a customizar e fazer a sua própria versão do Ubuntu, este já é o oitavo capítulo e vai tratar das customizações do Plymouth, é recomendado que você leia antes os capítulos anteriores.

  1. Introdução
  2. Baixando o Ubuntu e instalando o Remastersys
  3. Configurações e Opções do Remastersys
  4. Primeiros Ajustes, Definindo e Planejando
  5. Dicas de configuração e Ambiente de Trabalho
  6. Programas para fazer Tweaks
  7. Adicionando novos Wallpapers

O Plymouth é aquela famosa dela de inicialização do Ubuntu e de outras distros, se você não sabe do que eu estou falando confira a imagem abaixo:

Ubuntu-Plymouth

Esta é uma das partes que mais caracteriza a distribuição e por isso é importante, hoje vou mostrar da maneira mais fácil possível como você pode instalar novos temas e modificar o Plymouth.

A maneira mais fácil de instalar um novo tema Plymouth é instalar pelo Synaptic:

sudo apt-get install synaptic

E procure por Plymouth Themes:

Instalação de Plymouth Themes no Ubuntu

Instale o que você preferir, também é possível encontrar internet afora outros temas, dê preferência por temas que venham empacotados em arquivos .deb.

Depois de instalado rode o comando:

sudo update-alternatives --config default.plymouth

E escolha através do número o tema que você deseja:

znXgX1rLgjh2CefD1hgpahuXyEdICrfYWGt4uXdmWat2lM8jDWhUcrMqCZ6hR SgRhwjjQVilOV12TdnohwGKCmc5LeSAnvnyrCn788 BEVGWM FYA2SGNEJRtpil3TCJTFmMcTT

Os arquivos do Plymouth fica dentro da pasta /lib/plymouth/ portanto se você quiser fazer alguma edição como trocar a imagem de plano de fundo ou ícone de exibição pode ser feita apenas substituindo os arquivos originais por outros modificados mais com o mesmo nome dos arquivos originais.

E finalmente para confirmar todas as modificações rode o seguinte comando:

sudo update-initramfs -u

É mesmo muito simples, até mais!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
WPS Office recebe update na sua versão para Linux
Continue lendo

WPS Office recebe update na sua versão para Linux

Muitos que chegam ao mundo Linux, estão acostumados a usar a suíte de Office da Microsoft, conhecido como Microsoft Office. Com isso é muito comum as pessoas salvarem os seus arquivos nos formatos proprietários da Microsoft (.docx; .xlxs e .pptx), assim quando vão usar esses documentos no Linux, enfrentam algum problema ou incompatibilidade com eles. O WPS Office vem para suprir essa necessidade.