Vulnerabilidades corrigidas no Kernel, atualize o seu Ubuntu

Vulnerabilidades corrigidas no Kernel, atualize o seu Ubuntu

A Canonical liberou uma atualização de Kernel para o Ubuntu 12.04 LTS, versão lançada em 2012 com suporte até 2017, assim como para o Ubuntu 14.04 LTS, lançado em 2014 e com suporte até 2019 e para o Ubuntu 15.10, com suporte até o meio deste ano, veja como atualizar e manter-se seguro.

Como toda boa distribuição Linux mantida por uma empresa ou comunidade engajada, o Ubuntu tem manutenção de suas versões por um longo período de tempo e os desenvolvedores estão sempre atentos para melhorias no projeto. Foi o que aconteceu no dia 9 de Maio, a Canonical liberou atualizações para duas das LTS ainda em ação e para uma versão intermediária que terá seu suporte encerrado no meio deste ano.

São correções de vulnerabilidade a nível de Kernel, por isso é importante que você mantenha o sistema atualizado, o Kernel é um dos pontos cruciais para segurança de um sistema, para saber mais sobre as vulnerabilidades em cada uma das versões atualizadas consulte os seguintes links:

– Ubuntu 12.04 LTS

– Ubuntu 14.04 LTS

– Ubuntu 15.10

A Canonical recomenda que você atualize o seu sistema através dos comandos:

sudo apt-get update
sudo apt-get dist-upgrade

As atualizações também podem ser obtidas através do aplicativo “Atualizador de Programas” que se encontra no menu do sistema.

Para continuar sempre protegido, mantenha o seu sistema sempre atualizado.

Até a próxima!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Vício em internet pode ser genético?
Continue lendo

Vício em internet pode ser genético?

Será que as gerações mais novas podem culpar os seus pais por não conseguirem largar o Smartphone? Um estudo realizado pela Universidade de Bonn e Instituto Central de Saúde Mental de Mannheim (Alemanha) descobriu que a dependência da internet pode ter origem genética
Adobe quer saber: Você teria a Creative Suite do Linux?
Continue lendo

Adobe quer saber: Você teria a Creative Suite do Linux?

Muitos que começam a sua jornada no mundo Linux perguntam se as ferramentas da Adobe (Photoshop, Lightroom, Illustrator, Premiere, etc.) tem versões para o sistema, pois já estão acostumadas a usarem tais ferramentas e mudar para outra acarretaria em uma curva de aprendizado que nem todos estão dispostos a fazer