“É difícil encontrar pessoas com o perfil certo para manter o Kernel”, diz Linus Torvalds

"É difícil encontrar pessoas com o perfil certo para manter o Kernel", diz Linus Torvalds

Linus Torvalds, o criador do Kernel Linux e principal mantenedor até hoje, concedeu uma entrevista na LinuxCon 2015 onde comentou sobre a área de maior avanço do Kernel atualmente e sua dificuldade para encontrar pessoas ideais para ajudá-lo no desenvolvimento.

2016 pode ser o ano do ARM segundo Linus

Na LinuxCon 2015 em Dublin na Irlanda, Linus Torvalds subiu ao palco para ser entrevistado por Dirk Hohndel, chefe de tecnologia OpenSource da Intel, entre muitas questões abordadas a maior parte foram as perguntas “de praxe”, ou seja, nada “revelador ou bombástico”, mas mesmo assim alguns pontos interessantes foram tocados.

ARM em laptops

Os Chromebooks estão ganhando mercado, ainda que lentamente, e fazendo com que as pessoas tenham em suas casas aparelhos com tecnologia ARM, muitas vezes sem saber, para elas não faz muita diferença desde que funcione, certo?

“Estou feliz em ver que a arquitetura ARM está avançando, um dia desses ainda terei uma máquina com ARM. Eles (Google) disseram que este seria o ano do ARM, mas talvez seja melhor no próximo, 2016 tende a ser o ano do ARM”, disse Linus.

O Linux vem melhorando o seu suporte para tecnologia ARM a cada versão lançada, é difícil pensar no avanço destes dispositivos sem o Linux como companhia.

Mantenedores do Kernel

Nesta semana também tivemos algumas notícias que pegaram a comunidade de surpresa, alguns desenvolvedores saíram do desenvolvimento do Kernel alegando dificuldade de relacionarem-se com a comunidade em torno do projeto, para mais informações veja:

– Sarah Sharp abandona o desenvolvimento do Linux por conta de piadas sexistas

– Matthew Garrett sai do desenvolvimento do Kernel e cria fork do Linux

Na entrevista Linus explicou também alguns dos problemas que vem enfrentando no desenvolvimento do Kernel Linux, segundo ele:

“É realmente difícil encontrar pessoas disponíveis para manter o Kernel Linux, não é um trabalho glorioso e geralmente implicada em ficar respondendo e-mails sete dias por semana. Encontrar alguém com o conjunto de habilidades adequadas e tempo hábil para exercê-las é algo difícil de fazer.”, concluiu.

Fonte


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Microsoft comemora “dia do Pinguim” com Linux
Continue lendo

Microsoft comemora “dia do Pinguim” com Linux

Aos longínquos anos 90 e começo dos anos 2000, a Microsoft via o Open Source e o Linux como inimigos a serem “abatidos e eliminados”, de fato, em certa época Steve Ballmer, então CEO, chegou a falar que o Linux era um “câncer” para a MS. Anos depois a empresa mudou bastante neste sentido, especialmente à partir de 2016.