Projeto Debian decidirá o futuro dos firmwares não livres na distribuição em votação
Notícias

Projeto Debian decidirá o futuro dos firmwares não livres na distribuição em votação

Software livre é tudo de bom e através dele, temos acesso a inúmeros projetos que vão desde scripts simples a poderosos editores de vídeo, porém, como nem tudo na vida são flores, a compatibilidade com alguns hardwares é um problema frequente.

Uma das distribuições que mais sofre com este problema é o Debian, pois tendo sua filosofia de apenas software livre, muitos firmwares proprietários garantiriam uma melhor usabilidade de sua máquina, porém, acabam ficando de fora da ISO oficial.

Embora atualmente o Debian não carregue firmware não livre no sistema, isto pode estar prestes a mudar, pois os desenvolvedores estão cogitando alterar sua política de firmwares de código fechado.

Entenda um pouco mais sobre esta mudança, os impactos que ela pode causar e como será o futuro dos firmwares não livres no Debian.

Debian e os firmwares não livres

Bem, o Debian é uma das mais conhecidas distribuições Linux disponíveis no mercado e desde o início do projeto, os desenvolvedores optaram por não trazer firmwares e softwares não livres em sua ISO oficial, oferecendo aos usuários um sistema livre.

Embora essa pareça uma boa decisão, os novos usuários de Linux que pretendem utilizar o sistema acabam tendo alguns problemas, principalmente pelo fato de que existem certos hardwares que exigem firmwares não livres, como algumas placas wifi, adaptadores bluetooth e trackpads de notebooks.

Você pode pensar ser possível utilizar uma ISO “non-free” do Debian, porém, quando se tratam de novos usuários, quanto mais fácil o acesso ao sistema melhor e provavelmente, uma pessoa que queira apenas testar linux, não irá se atentar a este detalhe.

Chegou a hora de mudar a abordagem?

Visando facilitar ainda mais o mundo do software livre por novos usuários, a equipe do Debian está avaliando mudar como os firmwares não livres são tratados pelo sistema, para que utilizar o sistema seja ainda mais fácil.

Como é de se imaginar, esta decisão  causou um certo rebuliço na comunidade, pois desde o início do projeto eles mantêm os firmwares não livres afastados da ISO oficial do sistema.

Para solucionar este pequeno impasse, os desenvolvedores e mantenedores do Debian optaram por abrir uma votação que pode impactar para sempre o projeto e o futuro dos firmwares não livres.

Propostas que definem o futuro dos firmwares não livres (ao menos no Debian)

Atualmente, existem três propostas relativas ao futuro dos firmwares não livres em votação pela equipe do Debian, sendo elas:

  • Proposta A: Os firmwares incluídos serão incluídos e ativados por padrão durante a instalação caso sejam necessários, após a instalação, os firmwares não livres serão o padrão do sistema.
  • Proposta B: Os firmwares serão incluídos como uma alternativa, enquanto os firmwares livres serão o padrão do sistema.
  • Proposta C: O projeto irá disponibilizar mídias de instalação contendo os firmwares não livres para download, com a ISO oficial, de uma maneira que o usuário seja avisado que existem firmwares não livres na mídia de instalação baixada.

Até o momento de escrita deste artigo, a Proposta A vem sendo a mais votada pela equipe de desenvolvimento.

O que você achou desta mudança no Debian? Qual seria sua escolha para decidir o futuro dos firmwares não livres?

Diolinux Ofertas - Aproveite os melhores descontos em diversos produtos!
415 postagens

Sobre o autor
Olá pessoas, me chamo Carlos Augusto e desde meus 6 anos sou apaixonado por tecnologia, principalmente por computação. Além de tentar ser um projeto de redator, no tempo livre gosto de fazer algumas manutenções e gambiarras!
Artigos
    Postagens relacionadas
    NotíciasVídeo

    O fim do Xorg acelera no GNOME e no Fedora

    Notícias

    Mais de 1,2 TB de dados do Slack da Disney foram vazados

    Notícias

    UTM SE, um aplicativo para rodar o Linux ou o Windows no iPhone