System76 vai começar a fabricar teclados “programáveis”

System76 teclado

Quando pensamos em peças essenciais para o computador (PC), o teclado é uma delas, pois sem ele algumas tarefas ficariam bem difíceis, como digitar textos e jogar, por exemplo. Ele sempre teve alguns formatos e padrões, como o QWERT, XPeRT e o DVORAK. Sempre foram “imutáveis” vamos assim dizer, pois, eles sempre vinham com a configuração prévia, coisa que a System76 quer mudar com o seu teclado.

Para quem não conhece a System76, ela é a empresa responsável pelos computadores e laptops com o sistema operacional Linux Pop!_OS. Você pode conferir algumas matérias que fizemos sobre a empresa e o sistema operacional aqui e aqui.

Agora a empresa quer “atacar” em uma nova frente de produtos que possam ser oferecidos aos clientes. A bola da vez é um teclado “configurável” ou que siga a filosofia do Linux, conforme uma entrevista do CEO da System76, Carl Richell, deu para o blog da empresa.

FTuNZh 2qIK3ciOlExUmlS6sGR0VAXWHewNhVZ7JOQc7eUeKhjkyarR7mWwLqbjFrQc7PfFoUI8i1SgBqmW7z18B2FrJ 9vD1XJ8f4b aMHj5qQBE6IygeVw KnLJhWKZlEkqtyh

Perguntaram quais foram os aspectos mais importantes que ele queria abordar nesse novo teclado, ele respondeu:

“A maioria dos teclados que estudamos foram derivados de alguns que já existiam. Em vez disso, estamos pensando em mãos e dedos e em como usamos teclados para interagir com os sistemas operacionais – primeiro que o teclado é uma ferramenta. Em nossa pesquisa, descobrimos que as barras de espaço geralmente são longas demais, significa que se o seu polegar for muito “forte”, não será muito útil na hora em que for digitar. Na maioria das vezes você usa o mindinho porque as teclas úteis estão nas extremidades do teclado – então queríamos mudar isso. Queríamos um layout melhor.
A segunda peça é configurabilidade. Muitos de nossos clientes são especialistas em suas áreas e possuem seus próprios atalhos e ferramentas – tornar o teclado programável para ferramentas específicas, torna a interface melhor para o uso dessa ferramenta. Fácil configuração – criamos todas as teclas apenas em três tamanhos para que você possa trocá-las. E estamos construindo um software que facilita a alteração na sua configuração e a adição das camadas de função para atender às suas necessidades.”

n6 PzX3wfMS3e9t3pPkycCmknkjSCz9HmkU83Sqy0YYh7qKMneq2iocs3

Ele também comentou, que teve inspirações externas com um amigo dele, que usa um mouse com movimento de 360 para trabalhos em CAD, o que facilita a vida até mesmo de um novato. Outra ferramenta mencionada, foi os painéis da DaVinci Resolve para edições de vídeos, que são fáceis na hora da edição.

XHlWvpgPQJAyqremj1phbHgUj8LDW5lon Z6MKksf6IsfpP yQ6tqvJNBLr UTBhAcS9KIHSsEBbY2iGcIHG SbN7jX0WqyvuVaWABENPhMfQkvj6zpMm

Com isso, ele queria trazer o mesmo conceito dessas ferramentas para o teclado, onde você poderia “configurar” ele conforme a sua necessidade. Ele também respondeu qual foi o maior desafio do projeto:

“Bem, porque sempre adotamos uma abordagem repetitiva em tudo o que fazemos, não foi extremamente difícil de desenvolver. Também somos uma empresa cheia de nerds de teclado, por isso tínhamos muito conhecimento existente. Começamos com teorias e ideias, descobrimos que algumas delas funcionaram muito bem e outras não (como a tecla Shift à direita da unidade 1), e seguimos adiante, repetindo o processo conforme necessário. Portanto, não era realmente um desafio, mas a parte natural do desenvolvimento de um produto: você realiza pesquisas, supõe, testa, repete e depois faz tudo de novo.”

JBOMPSBCohX7f7OAh75i5MOOLlnlcvqpEwS7GdbqmPVOmRGNy91dt sVO3TleZFOPiD2EgL8zMj BVTOVUp7NLbYOCx8SE0hg WR6tUgRngXNRIO3lmhST2ME4wOUtQXCLIBt fY

Para conferir a entrevista completa, você pode conferir ela aqui.

O pessoal do site GamingOnLinux, ainda perguntaram ao pessoal da System76 no Twitter, se o teclado funcionaria com o QMK (Quantum Mechanical Keyboard Firmware), informação essa confirmada pelo engenheiro Jeremy Soller e teve reforço de outro engenheiro da empresa, Michael Aaron Murphy, que disse: “Tudo é de código aberto. Você pode até atualizar o firmware para remapear os comportamentos de cada tecla.”.

Eles estão planejando disponibilizar o teclado no verão do hemisfério norte, ou no nosso inverno, mas ainda sem uma data de lançamento e nem preço também. 

De começo, o design não é aquele “primor” de refinamento e acabamento, mas muito provavelmente quando estiverem mais próximos do lançamento, teremos mais fotos e informações. Eu gostaria de poder testar um e ver como me sairia 😁.

Em caso de dúvidas, acessem o nosso fórum o Diolinux Plus, nos vemos no próximo artigo, forte abraço!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste