Eu sempre fui o “cara dos fios”, seja para periféricos do computador ou no celular, minha primeira opção sempre era pela alternativa cabeada. Isso começou a mudar recentemente quando comprei meu primeiro headset wireless e agora, após passar 30 dias testando os fones de ouvido bluetooth Pamu Z1 nos mais diversos cenários, fui convencido de vez.

Vou compartilhar com vocês como foi essa experiência com um earbud true wireless e como o cancelamento de ruído dele se sai em campo.

Unboxing, construção e características do Pamu Z1

Conteúdo da caixa do Pamu Z1

conteudo da caixa pamu z1
Conteúdo da caixa do Pamu Z1 que recebemos para testes.

A caixa que acompanha o produto possui um design muito bonito, sendo surpreendentemente pesada para o seu tamanho. Em seu interior encontramos:

  • Estojo com os fones de ouvido;
  • Cabo USB-C (37 cm);
  • Bolsa de couro para transporte;
  • Ponteiras de silicone (quatro tamanhos);
  • Manuais.

Design dos earbuds e estojo

O Pamu Z1 possui um design bem “diferente” fugindo da tradicional cópia dos AirPods da Apple, o que achei muito interessante. Sua forma arredondada e mais volumosa me agradou muito. A fixação na orelha foi ótima e mesmo com horas contínuas de uso, não senti nenhum desconforto, até mesmo chegando a esquecer dos fones no ouvido.

pamu z1 cinta intercambiavel
Personalize seu estojo.

O estojo de recarga é feito de plástico bem resistente com um acabamento levemente fosco, o conector para recarga fica na parte inferior e na lateral direita se encontra um indicador LED que acende durante os ciclos de recarga. Um detalhe curioso é que o estojo possui uma cinta intercambiável, o que permite um certo nível de customização, mas não encontrei nenhuma cinta personalizada à venda na internet.

O Pamu Z1 é um fone “true wireless”, ou seja, não existe um fio conectando os dois lados. A ponteira de silicone tem uma textura bastante confortável e consegue isolar muito bem os ruídos externos. A ponteira padrão me serviu perfeitamente, mas é interessante que você teste os demais tamanhos para encontrar o melhor encaixe.

Conectividade e características

Os fones se conectam automaticamente ao serem retirados do estojo e conseguem parear muito rapidamente com o último equipamento utilizado, seja um PC ou smartphone. Abaixo, algumas das características do conjunto:

Earbuds

  • Duração da carga (earbuds): 6.5 horas;
  • Tempo de recarregamento (earbuds): 1.5 hora;
  • Tipo da bateria (earbuds): Íons de Lítio;
  • Versão do Bluetooth: 5.2;
  • Alcance do Bluetooth: Até 10 m;
  • Codecs suportados: SBC e AAC;
  • Dimensões (Earbuds): 26.5 x 25.5 x 21.5 mm (5.7g cada);
  • Driver (alto-falante): 10 mm.

Estojo

  • Dimensões do estojo de recarga: 70.5 x 44 x 28.4 mm;
  • Duração da carga (estojo): Até 24 horas;
  • Tempo de recarregamento (estojo): 1.5 / 2 horas;
  • Conexão para recarga do estojo: USB-C; Carregamento sem fio (somente Pamu Z1);
  • Peso Total (estojo + earbuds): 49.8g.

Qualidade de som

O cancelamento ativo de ruídos é um dos recursos mais alardeados neste equipamento. Fiz questão de testar sua eficiência das formas mais diversas possíveis: conversando enquanto caminhava na rua, fazendo ligações próximo ao ventilador, entre outras situações normais do cotidiano.

IMG 20211018 132750
Boa qualidade de som com um design discreto.

Em chamadas usando o microfone

Em ligações no smartphone o desempenho do Pamu Z1 foi excelente, entregando uma ótima qualidade de conversação mesmo em ambientes externos movimentados. Porém, ao se conectar no desktop para utilização do microfone o codec muda automaticamente para o modo “HSP/HFP” que entrega um som similar ao “mono” criando uma experiência bem inferior à do smartphone, mas ainda assim, funcional.

Ouvindo música, séries e podcasts

Na maior parte das situações o cancelamento de ruído funcionou muito bem, permitindo ouvir músicas e vozes confortavelmente, mesmo que o ruído externo ainda fosse parcialmente audível. 

O fone consegue entregar um bom volume e se saiu muito bem em estilos musicais bastante variados. Neste ponto eu destacaria que os graves ficaram bem marcados, o que pode privilegiar músicas como jazz e algumas vertentes de rock.

Recursos do app para smartphone

Durante este review, o app disponível na Play Store estava apresentando erro no certificado de segurança e não efetuei sua instalação. No manual que acompanha a caixa existe um QR Code que leva para o download de outra versão do app, diretamente dos servidores da Padmate Tech, esta foi a versão que utilizei nos testes.

A Padmate Tech criou um app para Android bastante prático, que te permite ajustar os principais recursos do Pamu Z1, inclusive personalizando os comandos de toque de forma individual em cada um dos fones.

Pelo app é possível controlar os 3 modos do cancelamento de ruído: transparente, ativo e desligado. Além de alternar entre os 4 modos de equalização pré-configurados.

pamu z1 android app
Telas do aplicativo disponível para Android.

Minha avaliação dos earbuds Pamu Z1

Para dar um pouco mais de contexto, os fones foram testados com o dongle bluetooth 5.0 Orico BTA-508 e o computador está rodando Debian SID com PipeWire, mas também utilizei o Windows 11 e o Archcraft ao longo do review. Já o smartphone usado nos testes foi um Xiaomi Redmi S2 (bluetooth 4.2).

Confira neste artigo como você aproveitar ao máximo seu fone bluetooth no Linux.

Pontos “não tão” positivos

Tanto o fone quanto o estojo são construídos em um plástico levemente fosco, que ficam facilmente com marcas de dedo. Como tenho mãos grandes, tirar os fones do estojo algumas vezes deu um certo trabalho, principalmente quando estava com as mãos suadas.

Ter que instalar o app fora da Play Store foi algo que não me agradou muito. Mas, a menos que você queira customizar os atalhos, ele não é essencial.

Interagir com os controles de toque demandou um pouco de treino, novamente, creio que devido ao tamanho das minhas mãos. E, não consegui em nenhum dos testes parear cada lado com um aparelho diferente. Em todas as vezes, ao retirar o Pamu Z1 do estojo os lados se conectavam automaticamente.

Pontos Positivos

A conexão quase instantânea entre o Pamu Z1 e outros dispositivos torna o uso muito prático, o conforto e leveza também ajudaram a tornar a experiência muito agradável. 

A duração da bateria garante uma boa autonomia e cheguei a utilizar o fone por 5 horas sem interrupção, ouvindo músicas e editando o DioCast. Nos testes de alcance, somente comecei a ouvir interferências quando estava além de 7 metros do aparelho conectado, mas estes resultados podem variar conforme a quantidade de interferências no ambiente.

O design diferente do earbud e seu corpo com detalhes amarelos, não afetou em nada o quesito descrição e consegui utilizá-lo em diversos ambientes sem chamar a atenção.

A qualidade do som é surpreendente para um fone tão pequeno, competente tanto em músicas pesadas com muitos tons altos, quanto em músicas instrumentais com várias nuances leves.

Conclusão

IMG 20210913 152053
Detalhe do led de notificação no estojo de recarga.

Finalizando, o Pamu Z1 pode ser encontrado em lojas internacionais na faixa dos US$58,90 (em torno de R$341) o que é um ótimo custo-benefício. O conjunto entregue pela Padmate Tech é bastante flexível, conseguindo atender profissionais que precisam de mobilidade e autonomia, mas também quem precisa de um fone com boa qualidade de áudio para ouvir música ou assistir vídeos com mais conforto.

Você já conhecia o Pamu Z1? Quais suas expectativas em relação à fones true wireless?


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Porque o React é tão popular?
Continue lendo

Porque o React é tão popular?

Saiba um pouco mais sobre a tecnologia React e descubra alguns dos motivos que a tornaram tão popular entre os desenvolvedores front-end.