Minecraft: Como instalar mods

Minecraft: Tunando o game

O Minecraft, é um jogo de sobrevivência em mundo aberto, do tipo sandbox, que foi lançado pela Mojang em 2009 e adquirido pela Microsoft em 2014. Embora seja um jogo relativamente antigo, ele ainda é jogado até os dias de hoje com um número de usuários ativos estimado em 112 milhões (contagem feita em outubro de 2019 e divulgada pela própria Microsoft).

Um dos motivos para o Minecraft continuar com um número tão grande de usuários ativos se deve ao seu suporte aos mods, que adicionam desde novos tipos de blocos, um modo de história totalmente diferente, além de poder embelezar ou deixar o seu jogo mais leve.

Instalar mods no Minecraft é relativamente simples e no Linux o processo não é tão diferente quanto ao Windows. Sendo assim, prepare um cafezinho, um bloquinho de notas e vamos aprender a instalar mods, shaders e vários complementos no Minecraft!

Quais termos do Minecraft eu devo conhecer?

Se você joga Minecraft há algum tempo, já deve ter ouvido termos como mods, shaders, datapacks e resource packs, mas você sabe o que esses termos significam? Vamos falar um pouco sobre isso antes de irmos para o processo de instalação.

Mods

Os mods, como o próprio nome sugere, são modificações no jogo que te possibilitam realizar mais ações, geralmente adicionam itens que não existem na versão original do jogo, ou simplesmente facilitadores como asas, itens para construção “instantânea” além de novos mobs e dimensões.

Essas modificações podem transformar o jogo em algo completamente diferente e são bastante utilizadas pelo público. Embora existam vários mods que possam ser instalados unicamente no jogo e tragam uma boa experiência, a comunidade muitas vezes utiliza  vários mods em conjunto, surgindo assim o termo modpack.

Modpacks nada mais são que uma seleção de mods que combinem entre si e tragam uma boa jogabilidade. Embora tenham vários sites com modpacks para download, o usuário pode criar um modpack único para aumentar sua experiência com o jogo.

Sem dúvida os mods do Minecraft são um dos motivos do jogo continuar no topo mesmo 11 anos após seu lançamento. Existem mods bastante famosos como o Pixelmon e OptiFine que são atualizados constantemente pela comunidade e possuem milhares de usuários por todo o mundo.

Shaders

Mesmo após 11 anos, o Minecraft ainda possui um estilo “quadrado”, principalmente em efeitos gráficos, para isso existem os shader packs. A instalação de shaders no Minecraft não é ativada por padrão, para isso, precisamos do mod queridinho dos jogadores, o OptiFine.

O OptiFine, é um mod para configuração de recursos gráficos no jogo. Ele adiciona diversas funções, como desativar animações e quaisquer outros elementos que possam atrapalhar o desempenho do jogo principalmente em hardwares modestos.

Embora o mod possa reduzir os efeitos, ele também ativa os shader packs que embelezam o jogo e são bastante utilizados pelos usuários que buscam uma experiência mais “real” adicionando efeitos de luz, algo parecido com o Minecraft RTX, porém sem a tecnologia RTX.

Resource packs

Os Resource packs ou pacotes de recursos em tradução livre, são modificações que o usuário pode realizar na aparência do jogo. Elas são utilizadas para embelezar o jogo, trazendo alterações em blocos, partículas, sons e várias outras propriedades do jogo.

Eles são bastante utilizados pelos usuários em conjunto com pacotes de shaders para embelezar o jogo e suas construções, porém, ao contrário dos shaders, ele não precisa de um mod complementar.

Datapacks

Os datapacks, assim como os mods fornecem uma maneira para que os usuários possam personalizar sua experiência no Minecraft. Eles podem adicionar novos progressos, funções, dimensões e biomas sem que sejam necessárias modificações no código do jogo.

Agora que você já conhece os termos básicos e a função de cada um deles, vamos instalar uns complementos no Minecraft!

Como faço a instalação desses complementos no Minecraft?

Bem, se você já jogou Minecraft no Windows, já deve ter entrado ao menos uma vez em %Appdata%, no Linux não é tão diferente assim, já que a pasta .minecraft fica na pasta home do usuário. É recomendado fazer um backup da pasta antes de instalar os Mods, para evitar “problemas” no futuro.

Pelo fato de iniciar com um “.”,a pasta do minecraft é oculta para os usuários, basta exibir os arquivos ocultos no gerenciador de arquivos de sua distribuição.

O mesmo processo de instalação pode ser aplicado no Windows, porém para acessar a pasta .minecraft, basta pressionar “Super+R”, digitar %appdata% e clicar em OK.

Caso você não tenha o Minecraft instalado em sua distribuição, temos um tutorial de instalação aqui no blog. Sabendo essa informação, vamos a instalação dos complementos.

Instalando datapacks

Datapacks são relativamente simples e seguros de serem instalados, já que eles são aplicados apenas no mundo em que forem adicionados. Primeiramente, você precisa baixar os datapacks. O site no qual eu baixo mods e recursos é o 9Minecraft, mas você pode baixar dos sites de sua preferência.

Com o datapack baixado, precisamos adicioná-lo ao jogo, para isso, acesse a pasta “.minecraft”, caso ela não apareça, exiba os arquivos ocultos com “ctrl+h” na sua pasta home.

Dentro da pasta .Minecraft, vá para a pasta Saves e abra a pasta do seu mundo.

Na pasta datapacks, extraia o datapack baixado e certifique-se que os arquivos estão dentro de uma pasta, para que não haja conflitos com outros datapacks.


Feito isso, dentro do jogo, rode o comando /reload, para recarregar os datapacks. Caso queira ver os datapacks instalados, basta utilizar o comando /datapacks.

Adicionando pacotes de recursos

Assim como os datapacks, os resource packs possuem uma instalação simples e não precisam de nenhum complemento ou mod adicional. O processo de instalação é bastante semelhante ao dos datapacks.

Com o pacote de recursos baixado, basta colar a pasta extraída em “.minecraft” > resourcepacks. O pacote de recursos estará disponível no jogo, bastando apenas ativá-lo. Para isso, abra o Minecraft e no menu inicial, clique em options(ou opções se o seu jogo estiver em português).

Clique em Resource Packs e na lista “Available Resources Pack”, clique na seta que aparece na imagem do pacote de recursos que ele irá para a coluna ao lado. Basta clicar em “Done” que o pacote de recursos estará ativado. 

Configurando o OptiFine

Sem Forge instalado

A instalação do optifine é relativamente simples. Primeiramente você deve baixar o optifine compatível com a versão do seu Minecraft. No meu caso é a versão 1.12.2. 

Será baixado um arquivo java que deve ser marcado como executável, para isso clique com o botão direito no arquivo, vá em, propriedades e clique em “marcar como executável”, caso esteja no Windows, basta mandar abrir com o Java.

Ao executar o arquivo, será aberta uma janela de instalação. Basta clicar em install e o optifine será instalado no Minecraft.

No launcher do Minecraft selecione a opção da versão com o optifine. Ao abrir as opções de vídeo do Minecraft, você verá que tem várias novas configurações. Se você possui um máquina fraca por exemplo, pode remover animações e efeitos visuais para ter um número maior de FPS.

Com Forge instalado

Para utilizar o optifine em conjunto com o forge, basta abrir o instalador do optifine e selecionar a opção extrair. Ele irá gerar um novo arquivo java que deve ser copiado na pasta “mods” dentro da pasta do Minecraft. Caso essa pasta não exista, basta criá-la.

No launcher do Minecraft, ao iniciar a versão com forge, o optifine será carregado com o jogo, podendo ser configurado pelo usuário.

Adicionando shaders

Agora vamos a instalação dos shaders. O pacote de shaders que eu tenho baixado é o Sildur’s vibrant shaders, mas você deve  testar alguns até encontrar o que mais te agrade. Com o arquivo .zip em mãos, basta copiá-lo em .minecraft na pasta shaderpacks.

Abra o jogo, e em vá Options/ Video settings na opção shaders, clique no pacote de shaders baixados e logo após clique em “Done”. O jogo irá utilizar o pacote de shaders definido pelo usuário. Caso queira voltar ao normal, basta selecionar OFF em shaders.

Instalando mods

Os mods do Minecraft curiosamente precisam de um mod para serem instalados. Então primeiramente vamos instalar o Forge. Basta baixar o instalador no site, ele irá baixar um arquivo java que possui o mesmo processo de instalação que o OptiFine.

Lembre-se de instalar a opção cliente para utilizar no seu computador. Ele irá começar a baixar as bibliotecas. Quando o instalador fechar, o Minecraft com forge será o padrão no launcher, caso ele não seja, basta selecioná-lo.

Agora que temos o forge e o optifine instalados, basta copiar os arquivos do mod na pasta mods dentro da pasta Minecraft, ficando sempre atento aos requisitos dos mods, já que alguns mods podem inutilizar outros.

Criando modpacks

Como eu já disse, um mod pode ser divertido, mas modpacks podem ser melhores para criar uma experiência de jogo. Para criar seu modpack, basta instalar vários mods que você ache que se completariam.

Para exemplificar, eu estarei utilizando o mod Pixelmon, um dos mais conhecidos mods da comunidade. Apenas o pixelmon pode garantir uma experiência positiva do usuário, mas podemos criar um modpack para o jogo ficar mais interativo.

Juntamente com o Pixelmon, você pode instalar o Pokelucky, que adiciona itens como um celular para regenerar a vida de seus pokémons, e também um mod de minimapa, para se localizar no jogo e descobrir onde encontrar pokémons, construções e players próximos. 

Esses mods que não possuem nenhuma conexão com Pixelmon (exceto o Pokelucky) complementam a experiência do usuário quando usados com o mod principal. Isso pode ser realizado com qualquer mod que exista, já que a instalação e remoção de mods é basicamente um processo de “copiar e colar”.

Caso você baixe modpacks da internet, basta extraí-lo e copiar os arquivos em suas pastas respectivas na pasta do Minecraft que ele será carregado no jogo.

Dicas para melhorar a performance do Minecraft

Mods, shaders e pacotes de recursos tem um peso considerável e o Minecraft por padrão reserva apenas 2GB de RAM do sistema. Caso você queira aumentar a memória utilizada pelo jogo, dentro do launcher, vá em “Instalações” e localize a versão que você utiliza para jogar, clique no botão ao lado de “Jogar” e vá para a opção editar.

Nessa tela, você pode selecionar o ícone e o nome da instalação, bem como a resolução padrão. Ao clicar em “mais opções” você verá um código em “Argumentos da JVM” altere o -Xmx2G do início, substituindo o 2 pela quantidade de RAM que você deseja disponibilizar para o jogo.

A instalação de mods no Minecraft é algo relativamente simples no Linux. Com essas dicas, você poderá criar novas possibilidades de jogar Minecraft. 

Você joga Minecraft no Linux? Quais os seus mods preferidos? Deixe pra gente nos comentários e até a próxima notícia, dica ou tutorial!

Talvez Você Também Goste