Ubuntu DDE Remix, mais um projeto candidato à flavour oficial do Ubuntu

Ubuntu DDE Remix

Com o surgimento da distro Deepin e desde a sua mudança para a base Debian, ficou o questionamento se seria possível usar a sua bela interface gráfica em outras distro, como é no Fedora e no Manjaro por exemplo. Hoje apresentamos mais uma distro para essa “briga”, o Ubuntu DDE Remix.

O anúncio foi feito através da conta no Twitter, no dia 5 de abril, dando um “olá” para todos e convidando para testar o sistema.

O Ubuntu DDE Remix utiliza como base o Ubuntu 20.04 LTS Focal Fossa, que ainda se encontra em fase Beta, já a versão do Deepin Desktop Environment (DDE) se encontra na versão 5.0. Vale lembrar que ele não é ainda uma flavour oficial do projeto Ubuntu.

Temos um vídeo lá no canal, dando uma primeira analisada nesta versão de testes do Ubuntu DDE.

Se você quiser baixar e testar essa nova flavour que se candidata para ser oficial, basta acessar o link de download aqui.

O projeto se mostra bem promissor e consistente, pois segundo as palavras do criador do projeto, Arun Kumar Pariyar, o objetivo deles é tentar entregar o melhor dos “dois mundos”, o Ubuntu + a DDE, assim entregando a melhor experiência possível para o usuário. A declaração completa dele, você pode conferir no artigo da Forbes, escrito pelo nosso colega Jason Evangelho. 

Creio também que esse novo Remix tenha mais futuro que outro projeto, o Ubuntu Cinnamon Remix, que também fizemos uma matéria aqui para o blog. O Remix do Ubuntu com Cinnamon, na minha visão, tentou cortar atalhos e atropelar algumas etapas, como não escolher um lugar para postar as releases (notas de lançamentos) e também como iria “fabricar” o seu Remix, que até onde sabemos, é feito em uma VM no Macbook do dev, o que acho extremamente falho, mas vou deixar isso para outro oportunidade 😁.

Mas diga aí nos comentários, se você está empolgado para testar essa nova Remix do Ubuntu, e se testou qual foi a sua experiência.

Em caso de dúvidas, acessem o nosso fórum o Diolinux Plus, nos vemos no próximo artigo, forte abraço!

Talvez Você Também Goste