GNOME 3.30 terá ícones na área de trabalho via extensão

GNOME 3.30 terá ícones na área de trabalho via extensão

A evolução do projeto GNOME não tem agradado a todos, e uma das mudanças mais drásticas foi a remoção do suporte à área de trabalho ativa, com ícones e atalhos, mas felizmente, ao menos agora você terá uma extensão para contornar essa ausência.

Como a maior parte das funcionalidades diferenciadas do GNOME Shell nos últimos tempos, agora a área de trabalho também será responsabilidade de uma extensão da comunidade.

Obviamente a decisão foi controversa, mas mesmo assim parece que o GNOME vai seguir por este caminho, entretanto, a solução veio à partir de Carlos Soriano, funcionário da Red Hat e desenvolvedor do GNOME, onde é responsável por dar manutenção no pacote do gerenciador de arquivos Nautilus, o que lhe deu conhecimento suficiente para realizar este projeto. Soriano criou uma extensão que devolve ao ambiente GNOME todas as funcionalidades que o nautilus-desktop fornecia, e quem sabe, algumas a mais.

Através da extensão de habilitar os ícones no desktop os usuários GNOME poderão ter uma experiência semelhante ao que já se tem usando o Nautilus, até então, distros como o Ubuntu 18.04 LTS, que gostariam de usar os ícones no desktop, foram obrigados a usar uma versão mais antiga do gestor de arquivos, que claramente possui alguns problemas de usabilidade.

O que você acha da decisão do GNOME de acabar com os ícones na área de trabalho? Você acha viável usar uma extensão para contornar o problema?

Até a próxima!

Talvez Você Também Goste
Fim do Windows Mobile
Continue lendo

Fim do Windows Mobile

Concorrente direto do Android e iOS, o Windows Phone/Mobile, foi uma iniciativa da Microsoft, lançado em 2010, que visava ser uma alternativa ao consumidor final.