Como resolver o problema de Tearing em placas Intel no Linux

Como resolver o problema de Tearing em placas Intel no Linux

Tearing é algo que dá nos nervos de qualquer um que o enfrente, se você não está entendendo muito bem do que se trata, “tearing” é a expressão que usamos para designar aquele efeito horrível de “tela cortando”, isso acontece muito em filmes em tela cheia, games e eventualmente até no uso corriqueiro do sistema, abrindo pastas ou algo do tipo.

É um problema chato para dizer o mínimo e a solução felizmente é muito simples, esta é uma daquelas dicas que envolvem o terminal mas que fazer pelo modo gráfico seria muito mais complicado, quer ver?

Para solucionar o problema de Tearing, independe ta distro Linux (pelo menos até o momento em que escrevo este post) basta abrir um terminal qualquer e copiar e colar este comando abaixo:

sudo apt-get install mesa-utils -y && sudo mkdir /etc/X11/xorg.conf.d/ && echo -e 'Section "Device"n Identifier "Intel Graphics"n Driver "Intel"n Option "AccelMethod" "sna"n Option "TearFree" "true"nEndSection' | sudo tee /etc/X11/xorg.conf.d/20-intel.conf

Basicamente o que ele faz é instalar o Mesa Utils, um utilitário para configurações do Mesa, e criar um arquivo dentro da pasta X11 chamado “xorg.conf.d” e adicionar informações nele com o parâmetro especial “TearFree” que fará com que o Tearing pare de acontecer.

Dicas adicionais:

– Tearing em placas AMD

– Tearing em placas Nvidia

Com sorte você nunca passou por este problema, mas se passou, eis aqui a nossa dica para corrigir. Gostaria de fazer um agradecimento especial pela colaboração do nosso leitor e amigo José Rafael, que ajudou a encontrar a solução e a testar a mesma em distros diferentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez Você Também Goste
Microsoft lança Skype para Linux no formato Snap
Continue lendo

Microsoft lança Skype para Linux no formato Snap

Aos poucos os novos formatos de aplicativos, Snap e Flatpak (e até AppImage) vem ganhando mais popularidade e até a Microsoft entrou nessa onda e lançou o popular Skype em formato Snap, o formato criado originalmente pela Canonical, empresa que desenvolve o Ubuntu.