Se o Linux fosse pago, quanto custaria?

Quanta custaria o desenvolvimento do Linux em meios empresariais

O Linux é sem dúvida um dos maiores e mais importantes projetos no mundo da tecnologia, no mundo da informatica.

Que o Linux é muito valioso para o mundo da tecnologia não há dúvida, mas você tem ideia de quanto ele custaria se fosse desenvolvido por uma empresa como o Google ou a Microsoft?
Pois é, estava eu navegando pelas páginas do site da The Linux Foundation e encontrei essa informação curiosa e achei que precisava compartilhar com vocês meus amigos.

Apesar de informação ser um pouco antiga dá para ser ter uma ideia do trabalho e custo que daria desenvolver o Linux de uma maneira não comunitária.

Segundo a Linux Foundation num estudo recente, chegaram a conclusão que em média, o Kernel Linux recebe cerca de 3.621 linhas de código por dia, 1,4 bilhões de dólares para escrever o kernel e mais 10,8 bilhões de dólares para criar o restante do sistema…
Outra coisa legal é que para reescrever as 204 milhões de linhas de código de um Sistema operacional Linux (distro como por exemplo o Fedora 9), seria necessário cerca de 60.000 programadores trabalhando durante 1 ano.
Obs: Pelo que pesquisei essas informações datam de 2002, e aplicando uma matemática básica de proporção sem levar em consideração fatores que alterem os fatores anteriores teríamos hoje em 2014 um custo ultrapassando facilmente os 20 bilhões de dólares.
É quase mágico pensar que um projeto desta magnitude é desenvolvido, mantido e incentivado por pessoas que só querem que o conhecimento seja compartilhado, como você e como eu a ponto de que até mesmo uma pessoa que nunca tenha ouvido falar de Linux, ou mesmo viva fazendo campanha contra o Linux não consiga passar um dia sequer sem usar o sistema, mesmo que indiretamente.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?


Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  – Siga também nossos escritores 
@dionatanvs+Dionatan Simioni + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:
Talvez Você Também Goste