Como remover o Unity do Ubuntu e usar o Cinnamon no lugar

Remova o ambiente Unity do Ubuntu e substitua pela Cinnamon

O Cinnamon está mais e mais completo à cada versão lançada e ele é segundo uma pesquisa que estamos realizando no nosso grupo no facebook a melhor opção para usuários iniciantes e para o uso do computador de maneira geral, seja la qual for o seu motivo hoje vamos ensinar a tirar o Unity do Ubuntu e instalar o Cinnamon, mas porque o Cinnamon? Muito simples, é a única interface gráfica que não possui uma versão no Ubuntu, as demais já possui distros.
Cinnamon no Ubuntu

Removendo o Unity e instalando o Cinnamon

Primeiro precisamos instalar o Cinnamon, todos os procedimentos vão ser feitos usando o terminal, por isso abra-o  e digites os seguintes comandos:

## Instalar o Cinnamon

O comando abaixo vai instalar o Cinnamon e o Gerenciador de arquivos Nemo:

sudo add-apt-repository ppa:gwendal-lebihan-dev/cinnamon-stable 

sudo apt-get update 

sudo apt-get install cinnamon nemo

Depois que o Cinnamon estive instalado encerre a sessão e se logue  novamente usando o Cinnamon, você pode fazer isso trocando o ambiente gráfico na tela de login.

Agora já dentro do Cinnamon abra novamente o terminal e vamos continuar, a primeira coisa que vamos fazer é definir o Nemo como gerenciador de arquivos padrão do sistema, caso você queira usar o Nautilus você não precisa fazer este passo, mas é visto que o Nemo tem uma melhor integração com o Cinnamon.

##Definindo o Nemo como padrão

No terminal:

xdg-mime default nemo.desktop inode/directory application/x-gnome-saved-search 

gsettings set org.gnome.desktop.background show-desktop-icons false 

gsettings set org.nemo.desktop show-desktop-icons true

Se ao rodar o comando abaixo o Nemo abrir tudo ocorreu corretamente:

xdg-open $HOME

#Removendo o Unity

Chegou a hora de mandar o Unity para os espaço, mas temos que ser cuidados para não quebrar o sistema, este comando vai remover tudo relacionado ao Unity menos a Central de Programas, o LightDM e os programas que vem juntamente com o Ubuntu:

sudo apt-get autoremove –purge unity unity-common unity-services unity-lens-* unity-scope-* unity-webapps-* gnome-control-center-unity hud libunity-core-6* libunity-misc4 libunity-webapps* appmenu-gtk appmenu-gtk3 appmenu-qt* overlay-scrollbar* activity-log-manager-control-center firefox-globalmenu thunderbird-globalmenu libufe-xidgetter0 xul-ext-unity xul-ext-webaccounts webaccounts-extension-common xul-ext-websites-integration

Algumas bibliotecas são necessárias para o correto funcionamento do sistema, em tese elas não serão removidas com o comando acima, mas caso alguma for você pode instalar novamente, para fins de prevenção as bibliotecas necessárias são estas:

  • gir1.2-unity-5.0 
  • libunity-common 
  • libunity-protocol-private0 
  • libunity9 
  • unity-asset-pool 
  • unity-greeter

Existe uma extensão do Thunderbird para integração com o Unity que você pode remover mas tem que ser feito manualmente:

sudo rm /usr/lib/thunderbird-addons/extensions/[email protected]

O Cinnamon usa o Muffin como gerenciador de janelas de modo que você pode remover o Compiz sem maiores problemas:

sudo apt-get autoremove –purge compiz compiz-gnome compiz-plugins-default libcompizconfig0

Já que instalamos o Nemo podemos remover o Nautilus:

sudo apt-get autoremove –purge nautilus nautilus-sendto nautilus-sendto-empathy nautilus-share

O Ubuntu usa o Zeitgeist para encontrar arquivos no sistema, alguns usuários não gostam muito disso ou simplesmente não usam, apensar do Menu no Cinnamon trazer uma funcionalidade parecida você pode remover se preferir, mas é opcional:

zeitgeist-daemon –quit 

sudo apt-get autoremove –purge activity-log-manager-common python-zeitgeist rhythmbox-plugin-zeitgeist zeitgeist zeitgeist-core zeitgeist-datahub

Você pode remover os resquícios que sobraram do Unity e do Compiz nessas pastas se quiser, pois são arquivos de configuração obsoletos que praticamente não ocupam espaço, mas se você for perfeccionista as pastas são essas:

  • ~/.local/share/unity-webapps
  • ~/.compiz
  • ~/.config/compiz-1
  • ~/.config/nautilus
  • ~/.local/share/nautilus
  • ~/.local/share/zeitgeist

Uma outra boa dica é usar o Ubuntu Tweak ( que já não é mais tão útil ) ou o BleachBit para limpar os arquivos remanescentes no sistema, podemos ver um exemplo disso aqui.



Espero que tenham gostado do tutorial, ele foi adaptado do askUbuntu e feito com o Ubuntu 13.04.


Compartilhe para mostrar aos seus amigos

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?


Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  – Siga também nossos escritores 
@dionatanvs+Dionatan Simioni + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:
Talvez Você Também Goste