Amnesia: The Dark Descent – O jogo mais assustador do mundo – Linux Download

Pesadelos e um mal implacável estão no seu encalço

Amnesia é a o game da vez na nossa série de Games para Linux, e ele não nenhum pouco desconhecido como alguns outros que postamos por aqui, Amnésia tem uma grande fama por ser um game perturbador, que deixa você assustado e com um certo mal estar.
amnesia-dark-descent

Dúvida? Faça uma pesquisa sobre games mais assustadores do mundo ( de todos os tempos, games de sustos ) e certamente você vai encontrar o Amnesia nas listas.

Amnesia: The Dark Descent a história original

Amnesia - The Dark Descent para Linux
“The Dark Descent” é a história original de Amnésia, isso porque o game permite que desenvolvedores criem famosos mods, conhecidos como Customs que vão se valer da física e da jogabilidade  e interação excelentes do game para construir as suas próprias histórias de 

História envolvente

    O game conta a história de Daniel, que acorda num castelo aparentemente abandonado. Como o título diz, ele perdeu a memória, mas logo no começo ele encontra bilhetes que foram escritos por ele mesmo, uma situação que lembra o filme “Amnésia”, de Christopher Nolan. É um truque meio clichê, mas é usado com muita perspicácia dentro do enredo e leva a uma crescente de mistério na medida que a história evolui.
    “Amnesia: The Dark Descent” pode ser burocraticamente classificado como um adventure em primeira pessoa, mas ele é assim para aproximar o jogador de seu personagem, uma relação também fortalecida pela falta de memória de Daniel – isso coloca os dois no mesmo patamar de desconhecimento do mundo dentro do jogo.
    Amnesia - The Dark Descent para Linux
    Não há brilho técnico nos gráficos, mas o ambiente é tão sinistro com sua escuridão que é difícil ligar para tais detalhes. Ao mesmo tempo, uma sonoplastia que mistura passos, sussurros e sons dissonantes colocam o jogador definitivamente dentro do pavoroso castelo Brennenburg. O game é aterrorizante de qualquer jeito, mas, com fone de ouvido e um ambiente escuro, a experiência é integral – e requer um coração forte.

    Experiência intensa de terror

    O clima contribui – e muito -, mas o principal segredo de “Amnesia” está em sua mecânica de jogo: Daniel é um pessoa comum, sem poderes, nem armas. É isso que torna as criaturas que assombram o castelo uma ameaça brutal, e só resta correr e se esconder. Os encontros com os monstros são esporádicos, mas isso só acentua o contraste de tensão. Para piorar, uma das poucas maneiras de despistar as assombrações é ficar no meio da escuridão, o que faz o medidor de sanidade cair: a visão começa a embaralhar e os controles ficam erráticos. Sem achar um lugar iluminado, o jogo acaba.
    Amnesia - The Dark Descent para Linux
    Assim, “Amnesia” é um ‘survival horror’ dos mais severos, em que o próprio ambiente já é uma ameaça. As janelas e velas são como oásis de luz dentro da escuridão, mas há muito mais sombras que iluminação dentro do castelo. Tudo que o jogador pode fazer é usar uma lamparina ou acender tochas, mas esses recursos são bem escassos. Lidar com as trevas e as criaturas são a parte mais difícil – e assustadora – do game, e isso torna até mesmo os simples quebra-cabeças do jogo em um desafio de coragem.
Amnesia - The Dark Descent para Linux

Versão para Linux

A Frictional Games, produtora do Amnesia sempre  viu o Linux como plataforma viável, inclusive o Game Penumbra – bem semelhante ao Amnesia – já foi tema da nossa série também e tem a sua versão para Linux também.
O Amnesia, assim como o Penumbra, também é pago, mas você pode baixar a versão DEMO e testar, a versão completa do jogo dura 6 horas, o que não é muito mas com toda a certeza vai fazer você ficar gelado na cadeira enquanto joga.

Download Amnesia Linux

Bons pesadelos!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?


Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  – Siga também nossos escritores 
@dionatanvs+Dionatan Simioni + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:
Talvez Você Também Goste