A origem do nome Fedora

A criação do Projeto Fedora Core trouxe consigo muitas polêmicas para a comunidade LinuxBrasileira. Uma delas foi sem dúvida a escolha do nome do sucessor do Red Hat (Chapéu Vermelho). 


Fedora é um nome rapidamente associado á palavra da língua Portuguesa “fedor”, porém a sua origem é bem distinta. Fedora nada mais é do que um clássico modelo de chapéu surgido no início da década 20. O fedora tradicional tem um lenghtwise vincado, coroa comprimida padrão e um brim um tanto curvado. O brim tem uma variedade nos tamanhos que podem ser agarrados acima ou para baixo. Há geralmente uma faixa de, aproximadamente, duas polegadas que circulam a coroa. Sobre o tempo, o fedora transformou-se em um termo popular para uma família de chapéus em muitas cores, brim largos e alturas da coroa. O Fedora foi o favorito de muitos políticos e presidentes. Muitos filmes de Hollywood utilizaram do glamour e carisma deste clássico chapéu. Após esta pequena análise, observamos que não há uma grande diferença na simbologia das marcas RedHat e Fedora, tendo em vista que o chapeuzinho vermelho que inspira tanto amor e ódio é um Clássico Fedora. Aproveito a oportunidade para convidar aqueles que ainda não conhecem esta distribuição, que leiam a respeito dela e se possível que a utilizem, assim irão perceber, como eu percebi, que o Fedora já superou em muito o seu antecessor e que tem um belo caminho pela frente. 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez Você Também Goste