Urban Terror para Linux, junção de Quake com Counter Strike

Urban Terror para Linux, junção de Quake com Counter Strike

Um dos melhores FPS Online para o sistema do Pinguim

Urban Terror é um dos games de tiro mais clássicos que existem para Linux, se você é um usuário em busca de games já deve ter topado com ele, se não fique conhecendo um pouco mais agora.

Quake + CS

Os conhecedores dos games certamente notarão uma semelhança do ambiente com o popular game Counter Strike, se passando em ambientes urbanos com policiais contra terroristas, porém a jogabilidade não é exatamente parecida com o CS e sim se assemelha a Quake.

Se assemelha a Quake pois a engine que ele usa é justamente  a Quake Engine, outros prós do game são a grande quantidade de armas disponíveis.

Armas de Urban Terror
Urban Terror

Em relação aos gráficos ele lembra um pouco o CS 1.6 então se você busca gráficos excelentes melhor escolher outro game, outro ponto negativo é o fato de só poder jogar online, é até possível dar uma volta pelos cenários em localhost mas você não vai encontrar nenhum bot.

Download

Apenas selecione a versão Linux, ou a versão Multiplataforma.

Até a próxima pessoal!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Antivírus no Linux?
Continue lendo

Antivírus no Linux? Conheça o ClamAV

Usuários de Windows estão habituados a utilizarem softwares antivírus, como técnico em informática sempre comunico com as pessoas a importância de manter seu sistema atualizado, seguro e pronto para o trabalho. Existe um grande debate na real importância da utilização destes tipos de programas, deixarei esse assunto para uma próxima ocasião, no momento vamos manter o foco no uso de antivírus no Linux.
Entrevistamos o CEO da System76 e do Pop!_OS
Continue lendo

Entrevistamos o CEO da System76 e do Pop!_OS

A System76 é um dos mais conhecidos fabricantes de computadores no mundo a vender computador apenas com Linux. Durante praticamente todo o passado recente, a companhia utilizou o Ubuntu como padrão de suas máquinas, mas a mudança da Canonical, com o abandono do Unity, a System76 optou por não mais depender tão diretamente do Ubuntu, dando origem a sua própria distro, o Pop!_OS.