As contribuições do Facebook para o open source

As contribuições do Facebook

Que o Facebook está envolvido em diversas polêmicas com privacidade, já estamos cansados de saber. Seu envolvimento com a Cambridge Analytica, problemas com fake news e diversos outros escândalos são algumas das coisas que prejudicaram a imagem da empresa ao longo dos anos. Mas escândalos à parte, algo que poucos falam é sobre o seu envolvimento com projetos de open source.

O Facebook possui uma infinidade de projetos de código aberto para as mais diversas finalidades, desde linguagens de programação, até ferramentas para inteligência artificial e segurança.

Alguns projetos populares do Facebook

Um dos projetos mais famosos que o Facebook mantém é o React, uma biblioteca JavaScript para criação de interfaces de usuário. Além de ser utilizado por outras grandes empresas como Airbnb, Netflix e Walmart, segundo a pesquisa de 2019 do Stack Overflow sobre hábito dos desenvolvedores, o React ficou em segundo lugar como framework mais utilizado.

O React Native também é um projeto mantido pelo Facebook, e permite desenvolver aplicativos para iOS e Android utilizando o React. Na mesma pesquisa do Stack Overflow, o React Native ficou em sexto lugar na categoria “Outros frameworks”.

Assim como o React, o React Native é usado por grandes empresas em aplicativos como: Instagram, Pinterest, Tesla, Uber Eats e vários outros.

O React Native, projeto mantido pelo Facebook, facilita a criação de aplicativos para smartphone
O React Native, projeto mantido pelo Facebook, facilita a criação de aplicativos para smartphone

O envolvimento do Facebook com o Linux

O próprio CEO da Linux Foundation, Jim Zemlin, afirmou que o Facebook tem sido uma força motriz no open source por anos, liberando diversas tecnologias para a comunidade de maneira aberta.

Além disso, o Facebook é um membro platina da Linux Foundation, doando no mínimo U$500.000,00 por ano para a fundação.

Investimentos do Facebook em 2019 no open source

O Facebook lançou um resumo de todos os investimentos em código que a companhia fez em projetos de código aberto durante o ano de 2019. Foram criados 170 novos projetos, totalizando 579 até o final do ano passado. Apenas em 2019 foram feitos 32.244 commits em projetos externos e 82.935 commits em projetos do próprio Facebook. 

Dependendo da métrica utilizada, o Facebook já pode ser considerado uma das maiores empresas de open source do mundo, já que a sua quantidade de contribuições de código para a comunidade é altíssima, seja através de projetos próprios, quanto contribuições de código em projetos externos.

Claro que muitos discordam desta afirmação, e dizem que a Red Hat seria a maior empresa de open source, já que ela fatura bilhões com projetos de código aberto. Independentemente disso, não é possível negar que as duas empresas são importantíssimas para os projetos de código aberto. 

Você sabia de todo esse investimento do Facebook em projetos open source? Deixe sua opinião nos comentários.

Até a próxima!

Talvez Você Também Goste