OBS Studio: Utilizando filtros

Desbravando o OBS Studio

O OBS Studio é uma ferramenta muito poderosa para criadores de conteúdo. Utilizado pela maioria dos streamers, através dele é possível fazer transmissões ao vivo e gravações dos mais variados tipos.

Por conta da sua complexidade, muitas vezes acabamos por não perceber o poder absurdo que este software possui. Além da possibilidade de utilizar várias cenas, fontes de vídeo e capturas de tela, o OBS Studio possui suporte para filtros de áudio, vídeo e de efeito, que podem expandir ainda mais as suas funcionalidades.

Conheça alguns filtros

O OBS Studio traz por padrão alguns filtros de áudio e vídeo, além de alguns filtros de efeito. Entre eles: 

Atraso de vídeo: com ele é possível controlar o atraso no vídeo, muito útil para casos onde o vídeo e o áudio estão dessincronizados; 

Redução de ruídos: um plugin muito poderoso, onde é possível retirar os chiados do microfone de maneira simples. É perfeito para quem está realizando uma transmissão ao vivo, onde não é possível fazer isso através de uma pós-produção.

Aplicar LUT: através deste filtro, é possível criar um visual completamente diferente para o seu conteúdo. LUT é uma sigla para “Lookup Table” e serve para alterar as cores de uma imagem ou vídeo, tanto para corrigir a tonalidade da pele, ajuste de cor da fonte de vídeo, ou simplesmente para dar um efeito diferenciado.

Chroma Key: Um dos filtros mais populares do OBS Studio, com ele é possível remover o fundo do seu vídeo através de alguns ajustes. Para isso, é necessário utilizar um fundo de uma cor única (preferivelmente verde), ou possuir uma webcam com RealSense, tecnologia da Intel para webcams que consegue mapear a profundidade do vídeo e remover o fundo sem a necessidade de um fundo verde.

Máscara/Mistura de imagens: Com este filtro é possível dar uma cara única para a sua webcam. Através de uma máscara é possível alterar o formato da webcam para circular, retangular ou literalmente qualquer outro formato. 

Para isto, basta criar uma imagem na resolução da sua webcam, com um fundo preto, e desenhar o formato do recorte por cima na cor branca. Depois, é só adicionar o filtro da fonte desejada, selecionar a opção “Máscara Alpha (Canal de cor)” e selecionar o arquivo criado.

Com o filtro de máscara do OBS, é possível deixar a sua webcam em qualquer formato

Plugins para o OBS

Se nenhum dos plugins pré-instalados atende suas necessidades, ainda é possível adicionar novas funções adicionando plugins. No fórum do OBS Studio é possível encontrar uma infinidade de plugins para as mais diversas finalidades.

Um dos plugins que utilizamos em nossas lives lá na Twitch é o OBS Linux Browser, que adiciona a funcionalidade de inserir uma página da web diretamente no OBS. Isso permite a utilização de overlays de serviços como StreamElements ou Streamlabs na transmissão.

Temos um tutorial completo no Youtube ensinando a configurar o OBS para a sua próxima transmissão ao vivo. Você pode conferir ele logo abaixo:

E você, utiliza o OBS Studio para criação de conteúdo? Conta pra gente como você utiliza o aplicativo nos comentários.

Até a próxima!

Talvez Você Também Goste
Aprenda como instalar o cliente BitTorrent Fragments
Continue lendo

Aprenda como instalar o cliente BitTorrent Fragments

A tecnologia BitTorrent nos possibilita uma comodidade ao efetuar downloads, que outras não nos oferecem. Quem nunca deixou “aquele torrent” baixando a noite toda e foi dormir? Ou quem sabe, teve que desligar o computador para depois continuar o download. Nessas horas um cliente BitTorrent é indispensável.
Jogue games da Battle.Net, como Overwatch no Linux via Lutris
Continue lendo

Jogue games da Battle.Net, como Overwatch no Linux via Lutris

Battle.Net é um serviço online de jogos da Blizzard, que conta com títulos apreciados pelo mundo gamer, alguns que posso citar são: World of Warcraft, Diablo III, Warcraft III, Overwatch, entre outros. Infelizmente o launcher da Blizzard, não possui uma versão nativa para Linux. Todavia não se preocupe, iremos te mostrar como configurar a Battle.Net em seu Ubuntu, Mint e derivados.