Conheça o Notion, serviço que promete ser uma área de trabalho completa

Notion

Para quem acompanha criadores de conteúdo focados em produtividade, o Notion tem se tornado o novo queridinho dessa comunidade. Isso por conta da sua interface agradável, possibilidade de agregar diversos serviços em uma única plataforma e suas ferramentas poderosas.      

O Notion conta com diversas ferramentas, desde as mais simples como criação de listas, títulos e subtítulos, divisores, até as ferramentas mais poderosas, como tabelas com possibilidade de criar filtros para as mais diversas funcionalidades.  

Eu utilizo o Notion como o meu aplicativo principal para gerenciar os posts do meu blog pessoal, organizar conteúdos para estudo, organizar viagens e até listas de aplicativos para o religioso distro hopping de domingo.  

tabela-visao-galeria-notion

Na imagem acima, eu criei uma tabela com visualização de galeria, onde cada opção é uma nova página, e dentro eu posso criar propriedades da página, adicionar textos e inclusive fazer uma nova tabela, tendo possibilidades infinitas de organização.  

Também é possível compartilhar as páginas criadas no Notion, e conta com a opção de permitir outras pessoas editarem o conteúdo ou não, há a possibilidade das plataformas de busca (como Google, Bing e DuckDuckGo) indexarem a página, entre algumas outras opções, transformando o Notion em uma ótima opção para criar wikis, manuais e até páginas colaborativas.   

visao-de-pagina-notion

Neste exemplo, esta é uma página de estudos minha com comandos de Git, e você pode acessar através deste link. É uma página bem simples, onde eu adicionei um ícone, uma imagem de cabeçalho para diferenciar na tabela, e criei uma lista com os comandos e o que cada um deles faz.  

O próprio Notion conta com uma página de galeria de templates, com uma infinidade de opções de temas criados pela comunidade para os mais diversos fins. É uma boa página para se inspirar na hora de criar o seu próprio template.

O Notion está disponível de forma oficial para Web, Windows, Mac, iOS e Android. Infelizmente eles não possuem uma versão oficial para Linux, e isso já foi pedido através do Twitter, porém como a equipe deles é pequena e nenhum dos funcionários utilizam Linux, eles informaram que não conseguem garantir a qualidade necessária para lançar uma versão oficial.   

Porém, as versões de Windows e Mac nada mais são do que um empacotamento da versão web para rodar diretamente no desktop, então existem algumas maneiras de replicar isso no Linux: é possível utilizar a função de webapp do Chrome, aplicativos como Ice ou o Nativefier, utilizar serviços como o Rambox ou até mesmo utilizar diretamente do navegador. A própria comunidade também criou versões não-oficiais do Linux para desktop, como por exemplo o Notion-app.  

Agora é com você: já conhecia o Notion? Já pensou em utilizá-lo? Deixe nos comentários!  

Se você tiver alguma dúvida sobre tecnologia, ou quiser compartilhar conhecimento com a comunidade, o Diolinux Plus é o espaço ideal para isso. Vem fazer parte da nossa comunidade!  

Até a próxima!


Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Talvez Você Também Goste