Linux e Blender – OrtogOnBlender, projeto brasileiro para ajudar fabricantes de próteses e parafusos cirúrgicos

Linux e Blender - OrtogOnBlender, projeto brasileiro para ajudar fabricantes de próteses e parafusos cirúrgicos

Em setembro de 2017 foi iniciado o desenvolvimento do OrtogOnBlender, um add-on orientado ao planejamento de cirurgias ortognáticas que de uma maneira simplista, corrige deformações faciais em adultos.

O objetivo do add-on sempre foi facilitar a vida dos usuários iniciantes ao empacotar uma série de comandos em um botão e oferecer características que não estão presentes no Blender nativo, como a importação de tomografias computadorizadas e digitalização de objetos por fotos (fotogrametria).

Hoje, um ano depois, o OrtogOnBlender foi usado em um grande número de planejamentos de casos reais e sou procurado todos os dias por especialistas da área da saúde interessados em utilizar a plataforma, bem como por empresas e profissionais para ministrar aulas do add-on.

“Geralmente ensino os conceitos básicos e depois vou evoluindo para comandos mais complexos, mas desta vez algo diferente aconteceu. Fui contratado por uma empresa que já utiliza o Blender (rodando no Linux!) há mais de dois anos. O objetivo deles era conhecer um pouco mais do OrtogOnBlender e, logo, usar o Blender de forma mais presente no workflow reduzindo o tempo do planejamento digital”, comenta Cícero Moraes, idealizador do projeto OrtogOnBlender.

A empresa em questão é a PROMM Indústria de Equipamentos Cirúrgicos. Fundada no ano de 1993, sempre desenvolveu próteses de modo manual, até que o responsável técnico, Msc. Eng.º Eubirajara Medeiros, começou a estudar o Blender e, aos poucos, foi sendo bem-sucedido na digitalização do processo manual de planejamento, até que, em 2016, o programa passou a ser utilizado de forma ampla.

O curso de Computação Gráfica 3D Avançada Aplicada às Ciências da Saúde chegou em um bom momento, posto que parte do processo, como a reconstrução de tomografias computadorizadas, por exemplo, era feita em um programa externo. Agora passará a ser feita “dentro do Blender” com o OrtogOnBlender.

Além disso, os funcionários passarão a utilizar a fotogrametria para digitalizar a face dos pacientes que recebem os procedimentos cirúrgicos, de modo a projetar o pós-cirúrgico digital e acompanhar a evolução dos tratamentos. É importante informar que a visualização do pós-cirúrgico digital é executada e acompanhada apenas pela equipe e pelos cirurgiões, sendo vetada ao paciente, por razões éticas e legais.

A partir de agora, o caminho natural da parceria entre a PROMM e o OrtogOnBlender tende a ampliar o know-how relacionado a automatização de processos de reconstrução de tomografias em 3D, dinâmica de tecidos moles e uso do Python script para demais cálculos e projeções necessários no campo da confecção de próteses faciais e cranianas. 

O projeto OrtogOnBlender teve origem com o nosso grande amigo e excepcional profissional, Cícero Moraes, ele já concedeu entrevistas para o canal e você pode conferir abaixo:

Para instalar o OrtogOnBlender no Linux, basta seguir esse tutorial na pagina do projeto.

Espero você ate uma próxima e um forte abraço.

Talvez Você Também Goste
Projeto Antergos chega ao fim
Continue lendo

Projeto Antergos chega ao fim

Uma das mais tradicionais distros Linux, que se baseava no Arch, vai encerrar as suas atividades depois de 7 anos. Considerada por muitos, uma distro “de fácil” uso para quem quisesse entrar no “mundo Arch”.