Canonical acrescentará uma nova forma de você instalar o Ubuntu 18.04 LTS

Canonical acrescentará uma nova forma de você instalar o Ubuntu 18.04 LTS

O Ubuntu é um projeto amplo e existem várias formas diferentes de se utilizar o sistema. Dentre as chamadas “flavors”, ou “sabores”, temos as versões com interfaces diferentes, como o Xubuntu (Ubuntu+XFCE), Kubuntu (Ubuntu+KDE) e assim por diante, mas existe uma variável que agora fará parte do instalador padrão do Ubuntu 18.04 LTS que se chama “Ubuntu Minimal“.

Com a aproximação do lançamento da nova LTS do Ubuntu (em Abril) a cada dia mais novidades são publicadas. Ontem tivemos o anúncio de coleta de informações de hardware e pacotes dos usuários com a finalidade de melhorar o processo de desenvolvimento do sistema, semelhante ao que o Debian já faz há alguns anos, e que você pode ler mais neste artigo. Hoje temos mais uma novidade interessante e que a aproxima mais uma vez o Ubuntu do “jeito Debian de ser”.

Ubuntu Minimal

O Ubuntu Minimal é uma ISO menor com o sistema base do Ubuntu sem nenhum pacote praticamente, semelhante ao Debian Net Install ou até mesmo ao Arch Linux, guardadas as devidas pontualidades diferenciais. Com ele você pode construir o seu Ubuntu à partir do download de pacotes da internet durante a instalação e colocar somente os pacotes de software que você deseja, personalizando assim a instalação do sistema para a sua necessidade e garantindo um sistema enxuto.

Nós já mostramos para você como fazer essa instalação no canal, confira:

Se você quiser saber mais sobre o Ubuntu Minimal pode consultar este outro artigo aqui do blog onde nós falamos exclusivamente sobre ele.

A opção de instalação Mínima no instalador do Ubuntu

Apesar do nome ser o mesmo, a opção que o instalador (Ubiquity) do Ubuntu vai te oferecer durante a instalação não faz exatamente a mesma coisa que a imagem mínima. Ela simplesmente vai instalar um Ubuntu com menos pacotes (cerca de 80 e suas dependências), garantindo uma instalação um pouco mais enxuta, sem players de música, gerenciador de e-mail, de fotos, etc.

Apesar de 80 pacotes serem removidos, a diferença no resultado final da instalação do Ubuntu 18.04 LTS será de apenas 500 MB em relação a versão completa do sistema. De aproximadamente 4 GB para 3,5 GB.

A ideia de acrescentar essa opção é para que as pessoas que usam o Ubuntu para algo que não seja o desktop doméstico tradicional não precisem gastar tempo desinstalando ferramentas para deixar o sistema menor. Interessante para empresas por exemplo. Menos pacotes, menos download de atualizações também.

Mas é claro, nada impede que você que usa o Ubuntu em casa possa também usar essa opção, caso você não se importe de ter alguns pacotes a menos.

Essa opção deverá estar perto da opção de “instalar codecs multimídia” do instalador e será desmarcada por padrão, quem quiser fazer a instalação dessa forma precisará marca a opção desejada.

Os usuários que querem personalizar a instalação do Ubuntu completamente ainda devem utilizar a ISO Minimal ao invés desta nova opção. Mesmo assim, não deixa de ser uma opção interessante para os usuários.

Você pode ver todos os artigos relacionados ao Ubuntu 18.04 LTS Bionic Beaver que existem aqui no blog acessando este link.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez Você Também Goste
China pede o código fonte do Windows 10 para a Microsoft
Continue lendo

China pede o código fonte do Windows 10 para a Microsoft

A China gosta de ter controle total sobre a sua tecnologia, assim como qualquer entidade ou empresa que se prese, porém, quanto o assunto é software proprietário, com código fonte fechado, a conversa tem que ser feita de forma mais compassada, afinal, não é "tão simples assim".