Como verificar somas md5sum de arquivos no Linux

Com estes problemas recentes envolvendo o Linux Mint e o Transmission (apesar de não ter afetado o Linux neste caso) a preocupação das pessoas em verificar a integridade dos arquivos baixados dos sites, ou compartilhados de alguma forma, aumentou consideravelmente, muitas pessoas mandaram mensagens pedindo como se faz a checagem de md5sum que tanto se falou nos posts do Linux Mint, é realmente algo muito simples, vamos aprender agora.

Verificando soma md5sum


O md5sum é um software de código aberto que permite que você verifique a integridade de arquivos, normalmente usamos ele para verificar se um arquivo que você baixou da internet é realmente aquele que está hospedado no servidor.  É possível instalar o md5sum no Windows e em sistemas como o Mac e o Linux ele costuma vir instalado por padrão no sistema.
O md5sum é capaz de calcular uma soma de verificação a partir do arquivo, criando uma “impressão digital” na forma de uma número hexadecimal usando o algorítimo MD5.

Como verificar a “impressão digital” de um arquivo

Vamos precisar do terminal para isso, então algum conhecimento básico é necessário para este tutorial, se você é leigo no terminal Linux (Ubuntu especialmente) sugiro que você veja este vídeo aqui onde eu mostrei os comandos básicos.
Vou dar o exemplo já com a ISO do Linux Mint, que é o que despertou a curiosidade das pessoas e também a preocupação. Na página de download do Linux Mint (vou usar como exemplo a versão 17.3 na edição Cinnamon 64 bits) há o valor hexadecimal que corresponde a ISO correta do sistema.
Linux Mint 17.3 Cinnamon MD5
Para testar o md5sum da ISO, vamos ao terminal, navegamos usando o comando “cd” até a pasta onde está  arquivo e rodamos o seguinte comando:

md5sum nome_do_arquivo

No caso da ISO do Linux Mint que eu baixei ficaria:

md5sum linuxmint-17.3-cinnamon-64bit.iso

md5sum
Como você pode ver na imagem acima, logo abaixo do comando é mostrada o código hexadecimal, basta comparar ele com o informado no site para garantir que o arquivo seja o original.
Para mais informações sobre o comando md5sum digite:

md5sum –help

Bacana a dica não é? Até a próxima! (PS: Eu baixei a ISO do Linux Mint só pra fazer este tutorial, então compartilha aí pra dar um força! hehehe)
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Talvez Você Também Goste