Monte partições automaticamente no Linux (Ubuntu/Mint/Fedora)

O gerenciamento de partições no Linux nem sempre é tão intuitivo como deveria ser. Embora as partições criadas logo na instalação do sistema operacional sejam mantidas, as montadas depois deste processo precisam ser “remontadas” manualmente todas as vezes. Neste tutorial, ensinaremos como fazer com que as partições criadas pós-instalação sejam montadas automaticamente durante o boot.


Passo 1. Você vai precisar instalar o PySDM, uma ferramenta responsável por gerenciar e configurar as partições do sistema. Para tanto, acesse o Terminal e digite o seguinte código, dependendo da sua distribuição:


. No Ubuntu, digite “sudo apt-get install pysdm“, sem as aspas.
. No Fedora, digite “sudo yum install pysdm“, também sem as aspas.
Passo 2. Se tudo sair como o esperado, você poderá executar o PySDM sem grandes problemas. A interface é bem simples de usar. Para fazer com que a sua partição seja acionada automaticamente, selecione-a na lista e clique em “Assistant“, como exemplificado abaixo;
PySDM  (Foto: Reprodução/Web UPD8)Selecione a partição e clique em “Assistant” no PySDM (Foto: Reprodução/Web UPD8)
Passo 3. Feito isso, deixe os seguintes tópicos marcados na janela que apareceu: “Allow any user to mount the file system“, “The file system is mounted at boot time” e “Allow a user to mount and unmount the file system“. Caso você esteja trabalhando com uma partição NTFS, mantenha “umask for file permissions in octal“, com “umask=000” marcado. Clique em OK; 
Processo no caso de uma partição EXT4 (Foto: Reprodução/Web UPD8)Processo no caso de uma partição EXT4… (Foto: Reprodução/Web UPD8)
... E no caso de uma NTFS (Foto: Reprodução/Web UPD8)… E no caso de uma NTFS (Foto: Reprodução/Web UPD8)
Passo 4. Modificações feitas, clique em “Apply“.
Pronto! Agora a sua partição deverá ser iniciada automaticamente no boot.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez Você Também Goste