Como o Coronavírus impacta no mercado de tecnologia

Impacto do Coronavírus no mercado de Tecnologia

Com a confirmação pela OMS (Organização Mundial da Saúde) nesta Segunda-feira (11), definindo o Coronavírus como uma pandemia, tivemos um agravante na crise, impactando a economia em um todo,e setor de tecnologia não poderia ser diferente. 

Para quem não estava acompanhando, o Coronavírus ou o COVID-19 que é causado pelo Coronavírus da Síndrome Respiratória Aguda Grave 2 (SARS-CoV-2), foi descoberto em 1 de Dezembro de 2019, na cidade chinesa de Wuhan, quando o vírus foi diagnosticado em uma pessoa que circulava em uma tradicional feira da cidade. O nome “Coronavírus” vem por causa da “proteção” que o vírus possui, que lembra uma Coroa (Corona), em volta dele. 

Com o agravamento da COVID-19 nas cidades chinesas, o abastecimento das fábricas de eletrônicos está começando a ficar comprometido, como por exemplo celulares, placas de vídeo, processadores, memórias RAM, entre outros. Isso reflete no Brasil também, onde em alguns casos, já tem fábricas dando férias coletivas antecipadas.

Alguns eventos também estão sendo afetados como a E3 de 2020, o F8 (congresso do Facebook), o Google I/O de 2020, a Game Developers Conference, O Congresso Mundial de Mobilidade (Mobile World Congress), com shows e eventos musicais também sendo cancelados, como o SXSW e o Lollapalooza de 2020, jogos da Champions League e até a Campus Party, aqui no Brasil.

Algumas empresas, como o Facebook, Google, Twitter, Amazon e Microsoft, já estão orientando que os seus funcionários trabalhem de casa, o “famoso Home Office”, para que a disseminação do Coronavírus não espalhe ainda  mais.

Como se precaver do Coronavírus (COVID-19)

A orientação feita pela OMS e pelo Ministério da Saúde, é que você lave bem as mãos com água e sabão, e quando for preciso utilizar o álcool em gel 70%. Em seu Twitter, o órgão federal disponibiliza uma arte de como se precaver do vírus, como você pode ver abaixo.

Pessoas que estiverem com algum dos sintomas do Coronavírus são orientadas a procurar uma unidade básica de saúde em suas cidades.

O impacto no mercado de tecnologia

A pandemia acaba afetando vários fornecedores de componentes e serviços e gerando um efeito dominó que é capaz de aumentar preços, por conta da lei da oferta e da procura, dificultando as capacidades de operação, especial de pequenas empresas.

Como alguns estoques não estão sendo reabastecidos, naturalmente os valores dos produtos mais procurados tendem a aumentar. Empresas que dependem da presença local de seus funcionários também sofrem com o risco da doença. Em alguns casos, ficar dias parado representa um problema econômico que pode levar meses ou até mesmo anos para ser recuperado.

Ainda assim, a expectativa é que o mercado de tecnologia da informação (TI) e telecomunicações tenha crescimento de 4,9% este ano, segundo a empresa de pesquisa IDC. O maior avanço é esperado para a área de TI, de 5,8%, sendo impulsionado por serviços hospedados na nuvem e do mercado de software.

O que é difícil de prever e por quanto tempo mais essas previsões farão sentido, vamos continuar acompanhando os impactos do Coronavírus no mercado, mas uma coisa é certa, a impossibilidade da realização de diversos eventos representa uma diminuição gigantesca em valores que seriam movimentados, seja diretamente, ou indiretamente, como em hotéis que receberiam convidados para tais eventos.

Apesar das faixas de risco serem consideravelmente diminutas, não há motivos para você se descuidar ou descuidar das pessoas ao seu redor, fique atento.

Algumas fontes cobrindo sobre o COVID-19: FossByte, Arstechnica e Techrepublic. Você também pode ficar atento ao site global da OMS. Lembrando que até o momento e o fechamento desta matéria (12/03/2020), não se tem notícia de uma vacina contra a COVID-19.

Espero você até a próxima, acessem o nosso fórum o Diolinux Plus e um forte abraço.

Talvez Você Também Goste
Agora você pode testar aplicações em beta no Flatpak
Continue lendo

Agora você pode testar aplicações em beta no Flatpak

Não é de hoje que venho falando que soluções como: AppImage, Snap e Flatpak são o futuro de distribuição de apps no Linux, e a cada momento novas funcionalidade e recursos são implementados nestes formatos de empacotamento. O Flatpak acabou de receber uma funcionalidade muito interessante para entusiastas da tecnologia.