Grandes alterações na versão 6.1 do LibreOffice

Grandes alterações na versão 6.1 do LibreOffice

Foi anunciada pela The Document Foundation, a organização sem fins lucrativos que é responsável pelo desenvolvimento do LibreOffice, a nova versão do aplicativo que chega na versão 6.1 e recheada de alterações.

Umas das mudança que podemos mencionar aqui primeiramente é o tema dos ícones. A nova versão vai usar como padrão o tema Elementary ao invés do tema Tango, como podemos ver na imagem abaixo. E para quem usa KDE, eles incluíram os ícones do tema Karasa Jaga, para dar uma harmonia maior com o KDE.

Para alterar o tema de ícones no LibreOffice, vá até Ferramentas> Opções> Exibir> Estilo de Ícones.

Grandes alterações na versão 6.1 do LibreOffice

Uma outra novidade que podemos listar, é a mudança do estilo dos ícones dos aplicativos do LibreOffice, como o Write, Calc, Impress. Confira na imagem abaixo.

Grandes alterações na versão 6.1 do LibreOffice

Outro recurso bacana que foi implementado, foi a possibilidade de poder exportar os textos para o formato de ePub, formato esse popular para quem escreve livros e pretende disponibilizar para o formato de e-book.

Outras melhorias que podemos mencionar são:

⏺ Melhorias feitas para importar XML do Excel 2003;

⏺ Aprimoramento para importar e exportar para o formato .docx;

⏺ Janelas de diálogo em GTK3 agora no Linux;

⏺ Novos fundos de preenchimento, gradiente entre outros.

Para acessar todas as melhorias, acesse a Wiki do LibreOffice.

Se você preferir baixar a nova versão do LibreOffice pode optar por três formas:

A primeira é via .deb ou .rpm acessando esse link deles e escolhendo o formato;

A segunda é via snap acessando o site snapcraft.io e instalando através dele;

E a terceira é via flatpack acessando o site flathub e instalando através dele também.

Mas conte aí nos comentários o que você acha das novidades do LibreOffice. 

Até a próxima e um forte abraço.

Talvez Você Também Goste
Editor de vídeo profissional Lightworks
Continue lendo

Editor de vídeo profissional Lightworks ganha nova versão para Linux e procura atrair usuários de Adobe Premiere

O Lightworks é sem dúvidas o maior editor de vídeos do mundo Linux em caráter profissional e olha que eu sou um grande admirador do Kdenlive, mas um dos problemas que toda as pessoas que editam com Vegas, Premiere ou até mesmo o Kdenlive enfrentam ao se deparar com ele é a sua interface "diferentona", pois bem, parece que isso não será mais um grande problema.