Como adicionar o ícone da Lixeira na Ubuntu Dock do Ubuntu 18.04 LTS

Como adicionar o ícone da Lixeira na Ubuntu Dock do Ubuntu 18.04 LTS

Pode me chamar de detalhista, mas eu não me agradei com o ícone da Lixeira na Área de Trabalho do Ubuntu 18.04 LTS com GNOME. A vantagem dos sistemas abertos é que nós podemos alterar as suas propriedades para que eles trabalhem exatamente como nós queremos. Hoje você vai aprender a colocar o ícone da lixeira na barra lateral do Ubuntu, assim como tínhamos no Unity.

Eu gosto da ideia de ter a lixeira atrelada à Dock do Ubuntu como era no Unity, é assim no macOS também e funciona muito bem. O método que eu vou te ensinar não é perfeito, mas quebra esse galho, particularmente acho melhor a lixeira ali do que na área de trabalho, e vou além, melhor sem lixeira do que tê-la assim na área de trabalho. 

Mas claro, isso é questão de gosto.

A ideia é deixar a Ubuntu Dock assim:

Ubuntu Dock com Lixeira

Como você deve ter reparado o lançador de Apps, que por padrão fica na parte inferior da barra, foi movido para cima, o ícone diferenciado dele se deve ao tema “Communitheme” instalado no GNOME Shell do Ubuntu (este que será o futuro tema oficial do sistema, inclusive). 

Não que isso seja necessário para fazer este tutorial envolvendo a lixeira, mas se você quiser mover o seu menu para a parte superior da barra, confira o artigo “7 coisas para fazer depois de instalar o Ubuntu 18.04 LTS” e conheça o truque por lá.

Para adicionar a lixeira na Dock nós vamos criar um ícone de atalho, assim você poderá adicioná-lo aos seus favoritos, fazendo com que a lixeira fique na Dock.

Abra o editor de textos Gedit e coloque este código:

Ubuntu Dock

O código é o seguinte:

[Desktop Entry]
Version=1.0
Type=Application
Name=Lixeira
Comment=Só porque eu quero mesmo!
Exec=gvfs-open trash:/// 
Icon=user-trash
Terminal=false
Categories=GNOME;

Depois disso basta salvar o arquivo no seguinte diretório dentro da sua home:

.local/share/applications

Dica: Pressione Ctrl+H para exibir os arquivos ocultos na hora de salvar e salve com o nome trashcan.desktop

Depois disso, em tese, você já deve ser capaz de encontrar a lixeira no menu do GNOME, aí é só arrastar ela para a barra na posição que você quiser:

Lixeira no Ubuntu

Caso o ícone não apareça de imediato, aguarde alguns segundos até que a indexação de novos ícones aconteça. Para agilizar este processo você pode encerrar a sua sessão e logar novamente ou reiniciar o gnome-shell, pressionando Alt+F2, digitando a letra “R” e pressionando “enter“, mas atenção, este recurso funciona apenas na sessão principal do Ubuntu com X.org, se você estiver usando Wayland ele não vai funcionar.

E assim você tem a sua lixeira na barra de tarefas ou dock.

Limitações

Pelo que eu vi, existe um chamado aberto no launchpad da Canonical para adicionar essa função nativamente desde o Ubuntu 17.10. Talvez no futuro tenhamos esta integração. Ao contrário da lixeira no Unity, não existe um menu de contexto para esvaziar a lixeira, você deve clicar nela e esvazia-la à partir do gerenciador de arquivos Nautilus. Você também não consegue arrastar itens da área de trabalho ou pastas para o ícone da lixeira para excluí-los.

Outra limitação é que o ícone não muda caso você esteja com a lixeira cheia ou vazia.

Como eu disse, é um recurso limitado, mas se for parar para pensar, mas ainda assim, ao menos no meu caso, valeu a pena. Para remover a lixeira a área de trabalho você pode usar o GNOME Tweaks para ocultá-la.

Até a próxima!

Talvez Você Também Goste
crie comandos personalizados
Continue lendo

Crie comandos personalizados de forma simples e rápida

Você está cansado de tentar, sem sucesso, decorar aqueles comandos enormes? Ou de vasculhar pastas e sites em busca daquele script que “volta e meia” você precisa rodar? Seus problemas acabaram! Crie agora um comando personalizado de forma simples e com poucos passos.