Novo console da Nintendo roda Linux

Novo console da Nintendo roda Linux

A Nintendo resolveu apelar para a nostalgia dos jogares clássicos e lançou uma versão moderna do NES, ou simplesmente Nintendinho para nós, brasileiros, com vários jogos clássicos e compatibilidade com a tecnologia atual de televisores por um preço acessível, e para fazer o aparelho funcionar eles estão utilizando o Linux.

NES Classic Board

A Nintendo lançou um novo “velho” console no mercado custando US$ 60,00 que revive o clássico NES lançado há mais de 35 anos com 30 games disponíveis na memória e com os controles clássicos do console, um prato cheio para os nostálgicos.

Leia também: Como criar um console para jogos antigos com o seu computador velho.

Além da nostalgia, o NES Classic Edition, como está sendo chamado, traz para os compradores uma pitada de modernidade também aliada à nostalgia, como um cabo HDMI para fazer a conexão de áudio e vídeo com os aparelhos de TV atuais, processador Quad-core ARM Cortex-A7, 256 MB de RAM e 512 MB de memória NAND Flash para armazenar os games.

O vídeo abaixo mostra em 1 hora o funcionamento do console, preste especial atenção onde são mostrada as licenças de softwares open source utilizadas no Nintendo Classic Edition.

Para o software do console foi utilizado o Linux em junção com um emulador de NES e uma interface customizada pela própria Nintendo. O produto vai ser certamente muito chamativo para os saudosistas, mas ele tem algumas limitações em recursos que os consumidores provavelmente gostariam de ter, como poder adicionar mais games de alguma forma, por cartão de memória ou algo assim, via download, com uma loja para comprar os games, etc. mas aparentemente este não é um recurso disponível.

Saiba mais sobre ele no site da Nintendo.

Até mais!

Talvez Você Também Goste
Os meus maiores destaques do Deepin 15.6 Beta
Continue lendo

Os meus maiores destaques do Deepin 15.6 Beta

A distro chinesa continua lapidando as suas funcionalidades e acrescentando detalhes que podem fazer diferença no todo. Estive testando durante a última semana versão 15.6 Beta, confira agora os meus pontos de destaque.
Grid de apps do Gnome pode receber novidades
Continue lendo

Grid de apps do Gnome pode receber novidades

Recentemente abordei uma funcionalidade que está sendo implementada no grid de apps do Gnome-Shell, na qual possibilita “arrastar e soltar” as aplicações nas pastas e melhorar a organização da interface. Parece que mais novidades possam aparecer, deixando mais rico a experiência de utilização do usuário.