Apple estaria pensando em baixar os preços dos iPhones

Tim Cook, CEO da Apple, afirmou que está estudando a possibilidade de baixar o preço dos iPhones ao redor do mundo para torná-los mais acessíveis. Confira.

Apple pretende baixar preços dos iPhones


Muita gente acha que eu não gosto da Apple só porque eu uso Linux como sistema operacional no dia a dia, mas isso não é verdade, eu gosto é de tecnologia e tenho a Apple como uma das referências neste segmento, porém, toda a vez que alguém me pergunta o que eu acho do iPhone a resposta é quase sempre a mesma:

“- Não vale o que custa.”
Ele é uma aparelho muito bom sem dúvida, mas realmente ele tem um preço muito acima da média, especialmente para o bolso do brasileiro, ele está muito longe de ser um artigo convencional, passando a ser um artigo de luxo. A Apple sabe que o Brasil tem o iPhone mais caro do mundo e está pensando em mudar algumas políticas.
Na verdade, não é só o mercado brasileiro que tem reclamado do preços dos produtos da Apple em geral, não só dos iPhones, outro mercado que desperta o interesse da Apple que tem potencial para crescer é o Indiano, e lá também os preços não são nada amistosos, ainda que sejam mais baratos que no Brasil.
Segundo o Business Insider, as vendas da Apple diminuíram 16% no último trimestre, parece que quem abocanhou mais um pouco do mercado foi o Android. Tim Cook não deixou claro, mas é perfeitamente concebível supor que um dos motivos para que isso aconteça é o preço, hoje em dia as pessoas estão gastando menos com aparelhos, pois existem muitos modelos com preços intermediarias e configurações boas o suficiente para atender a demanda da maioria.
“Eu reconheço que os preços são elevados. Queremos fazer os preços menores ao longo do tempo na medida do possível”. Disse, Tim Cook.
A Apple sempre buscou a elite, o público alvo sempre foi este e os preços praticados eram uma das barreiras que dividiam este público, porém, com o mercado de Smartphones estabilizando, parece que a Apple está sentindo a concorrência tomar a dianteira com soluções mais simples, que atendem o que o consumidor médio quer, sem precisar gastar muito.
Não foi declarado quando haverão mudanças e muito menos o quanto o preço poderia baixar, nem mesmo onde, mas parece que “a água começou a bater na bunda”, como se diz por aí.
Já tivemos o lançamentos de versões alternativas do iPhone, algo impensável na administração de Jobs, o que será que vem por aí?

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Talvez Você Também Goste