“Adios GNOME”, o Debian manda abraços

O Debian, uma das distribuições Linux mais tradicionais, decidiu abandonar o GNOME para dar lugar ao Xfce como ambiente gráfico padrão. Oficialmente, o motivo para a alteração foi uma questão de espaço: a opção pelo Xfce garante que um desktop com interface gráfica caiba no primeiro CD da distribuição.
Colocar um sistema operacional inteiro num CD de apenas 700 MB hoje em dia é um desafio e tanto. Alguns projetos já estão gerando imagens que só podem ser gravadas em DVDs ou pendrives. Mas o espaço não é o único motivo para a mudança: o desenvolvedor do Debian, Joey Hess, comentou que “pode haver outras razões para preferir o Xfce como padrão”, mas não deu mais detalhes.
Novo Debian deverá usar o XFCE como Ambiente gráfico
Xfce será instalado por padrão no Debian 7.0 Wheezy
Não é novidade que o GNOME 3 está desagradando muita gente, especialmente os usuários mais conservadores. Linus Torvalds, criador do kernel do Linux, chamou a nova versão do GNOME de “bagunça” e passou a usar o Xfce. “Eu quero de volta minhas interfaces com algum sentido. Eu ainda preciso conhecer alguém que goste dessa nada sagrada bagunça que é o GNOME 3″, disse Torvalds em agosto de 2011.
O Xfce será adotado como padrão na próxima versão do Debian, a 7.0 Wheezy. Como de costume, ainda será possível escolher outro ambiente gráfico utilizando ISOs alternativas. Se você quiser ter todos os pacotes do Wheezy localmente, pode se preparar para baixar73 CDs ou 11 DVDs.

Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux…

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

3 Comentários
  1. Sim, agora que o Gnome ganhou aquele visual Hollywood, perdeu em facilidade de personalização e ganhou em peso e em baixo desempenho (consegue até travar e dar bugs como nunca) que vai querer usar aquilo?
    Larguei o Ubuntu de mão quando fiz a burrada de atualizar para o oneiric e ganhei de brinde aquela pereba. Como o Lubuntu não é oficial, aderi ao Mint com Lxde. (também gosto do Xfce, usei o Xubuntu muito tempo)

  2. "Pra mim" o gnome 3.4 + Arch Linux estão uma maravilha, nunca esteve mais estável!
    Entendo o lado dos usuários das antigas e desenvolvedores, afinal, mudar uma rotina de anos da água pro vinho não é nada fácil, mais na real, eu como usuário final mudei do G2 pro G3 e to numa boa sem precisar muda-lo em quase nada. O problema do Gnome são os desenvolvedores que estão perdendo parceiros e perdendo o apoio da comunidade apenas por orgulho e atitudes impensadas. Acredito que Gnome-Shell só deveria ter aparecido nessa versão 3.4, porque ele foi lançado muito crú e assustou muita gente, mas essa versão 3.6 a meu ver será ótima e o Gnome-Shell está cada vez melhor tanto em aparência como em desempenho. Ta na hora da galera largar mão de serem do contra e saírem do tempo das cavernas, afinal, nos próximos 5~10 anos as coisas vão mudar muito e quem não se adaptar não vai ter tantas alternativas como hoje. Bom, essa é apenas minha opinião, sintam-se livres para discordar pois linux é isso; Liberdade!
    E que venha o Gnome 3.6!!!

  3. O time do Debian esta de parabéns, eles mantiveram o sistema operacional, e nao um videogame, quer seriedade, use debian.

Comentários fechados.

Talvez Você Também Goste